PRISÃO DE JOSELYR COLOCA DEPUTADO CAMPOS MACHADO NA BERLINDA

Deputado dos mais influentes da Assembleia Legislativa, o petebista Campos Machado tornou-se, nos últimos dias, um dos nomes mais citados na política avareense após a prisão do ex-prefeito Joselyr Silvestre, atual “estrela” de seu partido.

Ao atrelar o seu nome, um dos mais respeitados nos meios políticos, ao de um ex-prefeito que já passou por um processo de cassação, e que agora é preso por irregularidades administrativas e por falsificação de documento apresentado à Justiça, Campos Machado fica à mercê de questionamentos válidos da sociedade local.

Tal situação também se estende ao PTB, do qual Joselyr é presidente. Não há informações sobre como Machado pretende se conduzir nessa situação.

Mas quando Joselyr se tornou petebista, boatos na cidade faziam crer que o ex-prefeito poderia contar com a força de Campos Machado, que é um famoso criminalista, tendo a seu dispor um renomado escritório de advocacia, com uma equipe de juristas reconhecidos no mundo jurídico. A prisão de Joselyr mostra um cenário diferente do que se esperava, e que se complica um pouco mais.

EM TEMPO – Em sua segunda gestão, logo após vencer as eleições contra Wagner Bruno, Joselyr teve como primeiro ato demolir o Marco da Estância Turística, obra erguida no Largo São João que celebrava a elevação do município à estância. O marco também homenageava Campos Machado pela luta em prol dessa conquista para a cidade. (Fonte A Comarca)



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.