24/11/2014

Notícias Avaré urgente: Imagem principal

FISCAIS DA PREFEITURA DE AVARÉ ESTARIAM SOBRECARREGADOS

Com apenas seis fiscais, o setor de ISS da Prefeitura de Avaré vem sofrendo com a sobrecarga de serviços. Além de fiscalizar o recolhimento de tributos como o Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) e o Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU), realizar levantamentos fiscais, autos de infração e intimação, os profissionais têm que notificar cerca de 50 mil credores inscritos na dívida ativa do município.


Por dia estão sendo entregues cerca de 200 notificações com o intuito de arrecadar recursos para que a Prefeitura possa saldar o pagamento do 13º salário do funcionalismo e também para quitar dívida com fornecedores.


Os profissionais também estão tendo que intimar cerca de 5 mil proprietários que realizaram obras em imóveis sem comunicar formalmente a Prefeitura. O número foi detectado através de um levantamento feito pela empresa Funcate, que em 2013 fez uma atualização do mapa da cidade. Segundo informações, até o momento 50% dos proprietários teriam sido notificados. Quatro servidores estariam responsáveis pelas notificações.


Além disso, os funcionários do ISS têm que realizar serviços de “office boy” levando documentos do Centro Administrativo ao Paço Municipal. Segundo informações, o fato estaria ocorrendo porque o setor tem apenas um veículo à disposição.


O setor de ISS conta com 6 veículos, sendo 3 carros e 3 motos. Porém alguns desses veículos estariam com problemas, necessitando de manutenção. No primeiro semestre de 2014, a Prefeitura chegou a abrir um procedimento licitatório para a aquisição de 12 motos, porém o certame foi suspenso.


Os servidores ainda têm fiscalizar a atuação de ambulantes e feiras itinerantes realizadas na cidade. (Fonte A Comarca)

24/11/2014

Notícias Avaré urgente: Imagem principal

SECRETÁRIOS SÃO CRITICADOS POR VEREADORES DA BASE DE POIO

Vereadores da base do prefeito Poio Novaes cobraram com mais veemência o empenho de secretários municipais na resolução de problemas de infraestrutura existentes na cidade.


Essa é a primeira vez neste ano que integrantes da base de apoio do prefeito, de maneira mais dura e aparentemente orquestrada, demonstraram a insatisfação com o secretariado.


Em seu pronunciamento, o vereador Francisco Barreto (PT) afirmou que irá listar nas próximas sessões indicações e requerimentos que não foram atendidos, ação que ele chamou de “vale a pena ver de novo”.
“Não é o secretário que é cobrado nas ruas, é o vereador que vai passar ‘carão’. O munícipe nem sabe quem é o secretário”, apontou.
O petista lembrou ainda que o pedido de calçamento entre as ruas Paraíba e Mato Grosso, solicitado por ele há cerca de um ano, ainda não foi atendido. “Quando passo naquele local, me dá um mal-estar. Já houve vários acidentes, basta chover. É um pedido tão fácil... Em meia hora se trocam as lajotas”.


Barreto também criticou a suposta inércia da Secretaria de Obras, Habitação e Serviços, gerida por Paulo Henrique Ciccone, em relação à revitalização da ponte que fica na zona rural entre Itatinga e Avaré.
“Todos os vereadores sabem o quanto eu tenho cobrado. Isso acontece porque o filho de nenhum de nós, nem de secretário, nem de ninguém aqui acorda 5 horas da manhã e tem que andar no meio da braquiária por falta de ponte. Qual é a função do secretário? Se não está dando certo, se essa Casa já aprovou a lei e o problema está sendo com a Prefeitura de Itatinga, pega o carro vai até Itatinga e resolva o problema. Se não resolver, vá ao Ministério Público de Itatinga, de Botucatu e resolva. As pessoas esperam isso da gente”, criticou.


COBRANÇA – O petista enumerou outras solicitações que não teriam sido atendidas pela Prefeitura, entre elas ajustes em rotatórias. “Fiquei 60 dias pedindo para que colocassem lombada no lugar de sonorizador na rotatória da Rua Minas Gerais e só fizeram isso hoje”, revelou.
Para o vereador, no entanto, o prefeito Poio Novaes não pode ser culpado. “Não estou sendo crítico ao governo. Eu estou cobrando secretários que não estão, infelizmente, trazendo respostas na medida em que a gente espera”, avaliou.


Já o também petista Ditinho da Farmácia criticou a suposta má conservação de estradas rurais. “O produtor rural é um pouco esquecido por muitos agentes públicos. Ele já enfrente dificuldades como seca e preço e o poder público ainda deixa a desejar em relação a esse tema. Não e só para produção, é para transporte escolar, acesso. Espero que isso seja resolvido”, avaliou.


Curiosamente, a Prefeitura de Avaré comunicou na semana passada por meio de nota que a municipalidade havia dado início à recuperação alguns trechos críticos que estavam em péssimas condições de uso para moradores e produtores rurais. Segundo o comunicado, foram executados serviços na AVR-060, principal via de ligação entre a zona urbana e o Povoado de Barra Grande e na AVR-183, que liga Barra Grande ao Bairro Escaramuça/Espanhóis.


Vereadores não alinhados ao governo Poio Novaes também cobraram secretários municipais. Marcelo Ortega (PV) criticou a atuação de Julio Ruffin Pinhel, secretário de Meio Ambiente que, segundo o parlamentar, esteve de férias na semana passada. “Nós não temos acompanhado uma gestão eficiente no Meio Ambiente. O secretário vive em outro município, não conhece a realidade local, e por isso não consegue se envolver na resolução dos problemas em Avaré. Nós não precisamos de um secretário para ficar respondendo ofícios do Ministério Público. Para isso basta um funcionário competente para a função”, avaliou.


O pepista Davi Cortez, por sua vez, também cobrou que a Secretaria de Planejamento e Transportes promova a revitalização de placas e a pintura de placas na Rodovia Salim Curiati, próximo ao pontilhão da Rodovia João Mellão (SP-255). “Venho cobrando várias vezes. As pessoas transitam no trecho em alta velocidade”, apontou.


Cortez ainda questionou publicamente a pasta da Saúde a respeito da falta de medicamentos na rede municipal de saúde. “Os repasses, sejam eles federal ou estadual, estão sendo feitos pontualmente? Se sim, por que ainda faltam medicamentos?”, indagou. (Com informações da Comarca)

24/11/2014

Notícias Avaré urgente: Imagem principal

MÃE AFIRMA QUE LEITE FAZIA MAL A FILHA DE 7 MESES

Na última sexta-feira, dia 21, o Jornal A Comarca publicou uma matéria relacionada a uma denúncia de que uma mãe estaria vendendo leite que é fornecido por um programa social. Ela usava um grupo de vendas em uma rede social para comercializar o produto abaixo do preço do mercado.


Em depoimento para a Polícia, a mãe da menina se defendeu dizendo que o produto fornecido não fazia bem à filha. A criança, de 7 meses, sofre de refluxo, mas já recebia o produto receitado para crianças com refluxo ou intolerância à lactose.


A mulher alegou vender o leite em pó para comprar um produto de outra marca que, segundo ela, é melhor para a filha. Atualmente, Avaré conta com quase 170 pessoas cadastradas para receberem o leite em pó tipo Nan AR.


A secretária de Saúde argumenta que a marca não interfere no tratamento e sim a fórmula do produto. “Se porventura ocorre algum efeito colateral, alguma alteração intestinal com a criança, um problema que a mãe ache que é por causa da utilização do leite, ela tem que -retornar ao pediatra da criança para que seja reavaliado e feito uma nova prescrição”, alega.


O delegado que investiga o caso, Levon Torosian Junior, vai ouvir as pessoas envolvidas para tomar as providências necessárias. “Após essas deligências será feita uma análise criteriosa para determinar a pena”, explica.

24/11/2014

Notícias Avaré urgente: Imagem principal

SUSPEITO DE ESTRUPAR DUAS MULHERES É PRESO EM AVARÉ

Um homem de 26 anos foi preso na noite de sábado, dia 22, por tentar abusar de duas mulheres em Avaré.


De acordo com a Polícia Militar, as vítimas, uma de 18 e outra de 32, foram atacadas em locais separados, uma no Bairro Brabância e outra na Vila Jardim. Segundo o boletim de ocorrência, as mulheres afirmam que o rapaz as surpreendeu e que as ameaçou.


As duas conseguiram fugir dele e em seguida foram à delegacia fazer o boletim. O crime aconteceu no período da manhã.


Depois de horas de procura pelo suspeito, os policiais o encontraram e o levaram à delegacia. Ele prestou depoimento e foi encaminhado para a cadeia de Tejupá. (Fonte G1)

24/11/2014

Notícias Avaré urgente: Imagem principal

HOMEM É ENCONTRADO MORTO TERRENO BALDIO NA VILA MARTINS 3

Um homem de 39 anos foi encontrado morto na noite de sexta-feira, dia 21, em Avaré. O corpo foi achado por uma sobrinha da vítima em um terreno baldio na Vila Martins 3.


De acordo com a Polícia Militar, o corpo apresentava perfurações possivelmente feitas com golpes de faca. Ninguém foi preso até o momento desta publicação. A Polícia Civil investiga o caso.

 

IDOSO - Um idoso de 67 anos foi preso em flagrante por porte e comércio ilegal de armas , em Avaré (SP). Foram apreendidos dois revólveres calibre 38, uma pistola calibre 635, uma maleta com diversas munições e quase R$ 1 mil em dinheiro.


De acordo com a Polícia Militar, o suspeito foi preso depois de denúncias anônimas que ele guardava as armas no porta malas do carro. Os policiais o abordaram no Bairro Parque Santa Elizabeth e encontraram as armas apontadas na denúncia. O idoso já tinha passagens na polícia pelo mesmo crime. Ele foi encaminhado à cadeia de Sarutaiá.


ASSALTO - Uma loja de roupas e calçados foi assaltada na tarde de sábado, dia 22, no Centro de Avaré. Cerca de R$ 1 mil foram roubados do estabelecimento.


De acordo com a Polícia Militar, dois homens chegaram até o local de moto e um deles usando capacete entrou e anunciou o roubo. Ele simulou estar armado, tirou todo o dinheiro do caixa e fugiu com o comparsa.


A polícia vai pedir as imagens de segurança do comércio para tentar identificar os suspeitos. Até a noite do sábado ninguém foi preso. (Com informações do G1)

 Anúncios Avaré urgente: Logomarca

  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas
  • Parceiros Avaré urgente: Logomarcas