PRESO PELO GAECO, MARCELO AITH É TRANSFERIDO PARA A CADEIRA DE RIO CLARO

08/12/2017
Preso em Piraju na terça-feira, 5 de dezembro, pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), o agora ex-consultor jurídico da Prefeitura de Avaré, o advogado Marcelo Gurjão Silveira Aith, foi transferido na quarta-feira, 6, para a Cadeia Pública de Rio Claro.

Após receber voz de prisão, Aith foi exonerado do cargo de Consultor Jurídico da Prefeitura de Avaré. Até então ele era considerado um dos homens fortes do governo de Jô Silvestre. Em nota, a Prefeitura confirmou que um promotor de Justiça do Gaeco esteve no Paço Municipal cumprindo uma ordem judicial para analisar a sala de trabalho do advogado.

A prisão do advogado Marcelo Aith ocorreu no início da manhã de terça-feira, 6, em sua residência, localizada na cidade de Piraju. No local, o Gaeco apreendeu documentos e materiais de informática, além de uma camionete.

Antes de ser apresentado à Polícia Civil, Aith foi ouvido no Fórum de Piraju por um promotor público e por três agentes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado. Informações dão conta que a oitiva durou mais de três horas, e foi acompanhada pela presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Piraju, Jana Lúcia Damato.

Confira a matéria completa na edição do Jornal A Comarca.



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.