ZIROLDO PEDE QUE GOVERNO CUMPRA ACORDO FIRMADO COM PROFESSORES

O acordo entre o prefeito Poio Novaes e uma comissão formada por professores da rede municipal de ensino não estaria sendo cumprido. Quem trouxe a informação foi o presidente da Câmara de Avaré, vereador Denílson Ziroldo durante a sessão de segunda-feira, dia 9.

Em outubro de 2014 o chefe do executivo avareense havia anunciado o pagamento retroativo da progressão salariam que deveria ter ocorrido em janeiro. Durante o encontro Poio Novaes chegou ser vaiado dos professores.

“Eu fiquei sabendo que o que ficou acordado em audiência pública e em reunião fechada com alguns professores não foi cumprido até hoje. Procurei a secretária de educação (Lucia Lellis) e perguntar a ela porque o não pagamento e porque enganar para não ter uma greve e ela me disse que conversaria com o prefeito e me diria o porque não foi pago, e me parece que são 4 meses”, destacou o parlamentar.

Ziroldo afirmou que seria um direito dos professores em receber os pagamentos retroativos da progressão. Ele afirmou que caso o governo não cumpra o acordo acionará o Ministério Público. “É lei, um direito adquirido que se não for cumprido vamos ao Ministério Público e a Secretaria Estadual da Educação. Vamos dar uma última chance de credibilidade a atual administração”, finalizou. 



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.