SESSÃO QUE PODE CASSAR MANDATO DE TUCÃO DEVE SE ESTENDER ATÉ A MANHÃ DE SÁBADO, DIA 12

11/11/2016

Teve início na tarde se sexta-feira, dia 11, a sessão que pode resultar na cassação do mandato do vereador Júlio César Theodoro, o Tucão.

Até o fim da tarde, Tucão e seus advogados não haviam comparecido na Câmara Municipal. Um advogado da OAB foi designado para representar o parlamentar e acompanha a leitura do relatório final que opina pela cassação de mandato por quebra de decoro parlamentar.

A sessão teve inicio com a presença dos seguintes vereadores: Denílson Ziroldo, Francisco Barreto, Rosângela Paulucci, Ditinho da Farmácia, Vih Cortez, Ernesto Albuquerque, Carlos Estati, Laids Baiano, Marcelo Ortega, Edinho da Farmácia e Bruna Silvestre. Roberto Araújo e Luiz Otávio Clivatti (suplente de Tucão) não estiveram presença no início dos trabalhos.

O vereador Edinho da Farmácia, presidente da Comissão Processante, está fazendo a leitura de mais de 500 páginas do relatório final.

Segundo informações obtidas pelo site Avaré Urgente, o vereador Carlos Estati que foi membro da CP, teria apresentado um relatório apartado pedindo o arquivamento da denúncia que foi protocolada pelo jornalista Wilson Ogunhê.

Com isso, a votação deverá ocorrer somente na manhã de sábado, dia 12.

POPULAÇÃO – Poucos munícipes acompanharam o início da leitura do relatório final da CP. Sem ar-condicionado no plenário, tanto populares como funcionários e vereadores sentiam o forte calor no local.



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.