“REVOLTANTE”, DIZ CUNHADO DE VÍTIMA DE ACIDENTE COM MOTORISTA ALCOOLIZADO

16/11/2016

O açougueiro José Paulo Pereira da Silva é cunhado do homem de 33 anos que morreu após colisão entre o carro que dirigia com a caminhonete de um motorista alcoolizado na Rodovia João Mellão (SP-255), em Avaré , no domingo, dia 13.

A vítima foi enterrada na tarde desta segunda-feira (14) no Cemitério Municipal de Avaré. Durante o velório, Silva desabafou: “É revoltante. Eu, como cristão, só peço que Deus o perdoe [outro motorista]. Porque ele acabou com uma família.”

O motorista que estava embriagado, de 55 anos, está preso no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Cerqueira César.

Depois do acidente, ele recusou fazer teste de bafômetro, porém a embriaguez foi confirmada por exame clínico no hospital. O homem é reincidente no crime já tendo sido detido em 2008, conforme a polícia. Na época, ele pagou fiança e foi solto para responder em liberdade.

Além do homem de 33 anos que morreu, estavam no veículo a esposa dele e quatro filhos do casal. A mulher e as quatro crianças que não usavam cinto de segurança ou cadeira especial ficaram feridas.

Duas meninas, de 4 e 9 anos, tiveram ferimentos nas pernas e foram operadas na Santa Casa de Avaré, onde estão internadas. Um bebê de 1 ano e a mãe tiveram ferimentos leves e já tiveram alta. Outra filha, de 8 anos, teve traumatismo craniano e foi transferida para o hospital de Botucatu onde continua internada. O estado de saúde dela não foi informado.

“Ela [esposa] está em estado de choque ainda, muito mal, ela só chora, só pergunta dos filhos. Tem parentes lá no hospital com as meninas. Uma delas acordou hoje e pergunta muito pelo pai, ela é a mais apegada a ele. É uma tristeza total”, lamenta o cunhado José Paulo Pereira da Silva.

Conforme a Polícia Militar, a equipe que atendeu a ocorrência verificou que o motorista morto não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e o carro não estava licenciado. “Foi constatado de que ele não era habilitado, o veículo não estava licenciado e estava em más condições, principalmente nos pneus. O tempo chuvoso pode ter colaborado com o acidente”, afirma o cabo da PM Rubens Vieira Palma.

Além disso, os policiais verificaram que há indícios de que houve uma ultrapassagem, mas em local permitido. “Há indícios no local de houve uma ultrapassagem em local permitido, mas que deu causa ao acidente”, conclui Palma.

acidente-fuscaACIDENTE – De acordo com a Polícia Militar Rodoviária, o motorista que morreu trafegava pela rodovia quando, no quilômetro 253, colidiu com uma caminhonete, que seguia no sentido contrário.

O veículo da família ficou totalmente destruído. O homem chegou a ser atendido, mas não resistiu aos ferimentos. A esposa e os quatro filhos ficaram feridos. Segundo familiares no velório, a família voltava para casa depois de passar o fim de semana na casa de amigos.

 

Fonte: G1

Deixe seu comentário



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

One thought on ““REVOLTANTE”, DIZ CUNHADO DE VÍTIMA DE ACIDENTE COM MOTORISTA ALCOOLIZADO

  1. Aldeni soares

    Infelizmente acho que este caso vai se tornar mais uma estatística pois este senhor alcoolizado que dirigia irresponsavelmente já não está mais preso pois pagou fiança e vai responder em liberdade este assassinato no transito ou como juristas dizem homicídio culposo sem intenção de matar.
    Não vou comentar aqui sobre valores pois respeito o judiciário que aplica a lei como ela é redigida ou escrita pelos nossos governantes mas acredito e acho que a vida humana não tem preço.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *