POIO NOVAES MUDA COMANDO NA PROCURADORIA DO MUNICÍPIO

O procurador Paulo Guazelli não está mais a frente da Procuradoria Geral do Município. A informação foi confirmada pela Prefeitura em nota enviada a imprensa. Em seu lugar, assume Ana Claudia Curiati Vilem.

Oficialmente, o prefeito Poio Novaes revelou que a mudança já estava acertada em dezembro de 2015. “São mudanças que já havíamos acertado no fim de 2015 e agora estamos efetivando para iniciar um ano de muitos desafios e bons frutos a colher para nossa cidade”. Paulo Guazelli, que continuará exercendo função jurídico consultiva.

Apesar de afirmar que as mudanças já estavam previstas, o desligamento de Guazelli na chefia da Procuradoria teria sido causada pelo processo que transitou em julgado devido ao não fornecimento de medicamentosa um paciente. Com isso, Poio deverá sofrer uma ação política-administrativa, que será analisada pela Câmara Municipal.

Segundo informações, a Procuradoria teria deixado de informar a Justiça os processos sobre a compra e o fornecimento do medicamento. Em 2014, outro procurador já havia deixado de representar a Prefeitura por “se confundir com o horário da audiência”. Esses desgastes teriam gerado a mudança na Procuradoria.

NOVA CHEFIA – Formada em Direito pelo Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas, em São Paulo, Ana Curiati estagiou no Ministério Público de São Paulo, na 2ª Promotoria de Justiça Criminal do Fórum Regional de Pinheiros, foi assessora jurídica da Câmara de Vereadores de Avaré e exerce o cargo de procuradora desde 2000.

Cabe à Procuradoria zelar pelo cumprimento da legislação concernente ao município, oficiando ao Prefeito e autoridades competentes quanto a medidas convenientes à defesa dos interesses da cidade.

Deixe seu comentário



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *