PEDRO DE OLIVEIRA É AGRACIADO COM TÍTULO DE CIDADÃO AVAREENSE

14/05/2018
POR GESIEL JÚNIOR

Mais antigo advogado em atividade na região, o Doutor Pedro de Oliveira recebeu, em cerimônia realizada na sexta-feira, dia 11, o título de Cidadão Avareense, maior homenagem feita pela Câmara de Vereadores em nome do povo avareense.

O decreto legislativo de outorga da honraria teve como autor o vereador Toninho da Lorsa (PSDB). “Pedro de Oliveira é exemplo de profissional do direito e de homem público. Quando soube que ele não era nascido em Avaré, então quis ser o instrumento para torná-lo nosso cidadão honorário”, destacou o presidente do Legislativo.

Esbanjando lucidez, o respeitado advogado de 93 anos, é consultado pelos mais jovens que hoje com ele se aconselham, reconhecendo a sua larga experiência.

Durante a homenagem, convidado pela Mesa Diretora da Câmara, o pesquisador Gesiel Júnior expôs o perfil biográfico do homenageado, através de imagens fotográficas. “Doutor Pedro ama Avaré como poucos. Ao reconhecer a sua cidadania, a Câmara faz justiça a esse homem que tanto fez e ainda faz pela cidade que ele abraçou como sua terra”, enfatizou.

DISCRIÇÃO E HONRADEZ – Filho caçula de Jeremias Antonio de Oliveira e de Elídia Maria da Rocha, ambos lavradores de café, Pedro de Oliveira nasceu em Pardinho no dia 9 de abril de 1925. Ao lado de seus seis irmãos, ele trabalhou e se alfabetizou na Escola Agrícola Rural da Vela Vista.

Mudou-se com a família para Avaré em 1940, fase em que trabalhou como engraxate, jornaleiro, balconista e prático de farmácia. Casou-se em 1946 com Geralda Banin, filha do lenheiro Bepe Banin, cuja empresa era fornecedora para a Estrada de Ferro Sorocabana. Dessa união nasceram os filhos Luiz Fernando e José Marcos, que lhe deram os netos Sílvio e Luísa.

Pedro retomou os estudos na maturidade, tendo obtido o diploma de contador no Instituto de Ensino Sedes Sapientiae. Foi funcionário do Banco Moreira Sales e também cooperou nos serviços do extinto Bancooper. Paralelamente, foi membro do Aeroclube de Avaré, tendo aprendido técnicas de pilotagem nos anos 1950, quando o município era servido por linhas aéreas.

No princípio da década de 1970, enquanto cursava Direito no Instituto Toledo de Ensino, ingressou no MDB, tendo se candidato a prefeito nas eleições de 1982, quando somou votos para a campanha vitoriosa do médico Paulo Dias Novaes.

Entre os anos de 1986 e 1992, o doutor Pedro exerceu o cargo de diretor do Escritório Regional de Governo (ERG), período em que obteve a liberação de significativas verbas para muitas obras públicas e empreendimentos nos 17 municípios que integravam a região de Avaré.



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.