OPERAÇÃO RESULTA NA PRISÃO DE QUASE 40 PESSOAS EM AVARÉ E REGIÃO

02/10/2018
A Polícia Civil da região de Avaré concluiu na sexta-feira, dia 28 de setembro, sua operação referente ao mês de setembro. O resultado foi divulgado na segunda-feira, dia 1º de outubro, pela Delegacia Seccional de Polícia, responsável por coordenar as ações. Ao todo, 39 indivíduos foram presos, entre procurados pela Justiça e autuados em flagrante.

Os policiais civis deram cumprimento a 131 mandados de busca, por meio dos quais foi possível recuperar aparelhos celulares e outros objetos furtados ou que terceiros se apropriaram de forma ilícita. Posteriormente, esses pertences serão restituídos aos seus legítimos proprietários. Uma arma de fogo e um veículo envolvido em estelionato também foram apreendidos.

O balanço divulgado revelou ainda que foram elaborados 7 termos circunstanciados (procedimento feito quando o crime é de menor gravidade) e 2 atos infracionais (quando o crime é cometido por menor). Por fim, foram apreendidas várias porções de drogas, entre maconha, cocaína e crack, com peso total de aproximadamente 300 gramas.

Entre as unidades que contribuíram para o bom resultado da operação estão a Delegacia de Investigações Gerais de Avaré, responsável pelo cumprimento de 11 mandados de prisão, bem como as Delegacias de Itaporanga, Paranapanema, Piraju e Taquarituba, que juntas elaboraram 7 autos de prisão em flagrante, a maioria por tráfico.

OBJETIVO – O objetivo principal foi dar cumprimento a mandados de busca e de prisão relacionados a diversas espécies de crime, entre os quais aqueles que atingem o patrimônio (furto e roubo), a saúde (tráfico de drogas) e a vida (homicídio) das pessoas.

Participaram das atividades policiais civis de Avaré, Águas de Santa Bárbara, Arandu, Barão de Antonina, Cerqueira César, Coronel Macedo, Fartura, Iaras, Itaí, Itaporanga, Manduri, Paranapanema, Piraju, Sarutaiá, Taguaí, Taquarituba e Tejupá.



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.