MUNÍCIPE DENUNCIA DESCASO EM ATENDIMENTO NO PRONTO SOCORRO MUNICIPAL

10/06/2019

Descaso. Este é o sentimento da família de J.A.S. que buscou por atendimento no Pronto Socorro de Avaré e não obteve um diagnóstico sobre seu estado de saúde. A matéria é do jornal A Voz do Vale.

A nora da idosa, Gabi Carmo, procurou o A Voz do Vale para relatar o problema que a sua sogra teria passado na unidade de atendimento. “Faz um mês que minha sogra pede socorre no atendimento do Pronto Socorro de Avaré. Cada vez que ela ia falavam que ela tinha uma coisa. Uma hora era pneumonia, depois foi pedra nos rins”.

Sem um diagnóstico, a mulher teria se consultado em um posto de saúde. O médico teria solicitado um ultrassom, sendo que ela teria pago pelo exame. “Ela marcou uma consulta com um médico do posto e ele pediu ultrassom do abdômen e ela pagou pelo exame. Enfim deu que ela estava com problema na vesícula e precisava de cirurgia”, relatou.

Segundo a nora, somente após pagar por um exame é que ela teve o diagnóstico sobre seu problema. “Faz duas semanas. Duas semanas que minha sogra vai até o PS e eles só medicam. Sendo que ela já está com todos os exames em mãos”.

Gabi disse que o médico do posto de saúde teria ficado indignado com a demora pra se marcar a cirurgia. “Hoje (dia 5) foi o retorno dela no médico do posto e o mesmo ficou indignado porque os médicos do PS não a encaminharam para cirurgia”.

Ela classificou o caso como um absurdo. “Precisa de uma porcaria de papel pra você ser atendida? Isso é um absurdo. Cadê os responsáveis? A pessoa tem que chegar morrendo pra ser atendida?”, questionou.

Na tarde de quinta-feira, dia 6 de junho, a nora voltou a entrar em contato com a reportagem informando que, após duas semanas de espera, sua sogra foi internada para realizar a cirurgia. “A situação da minha sogra foi resolvida. Agora ela está no hospital sendo medicada e esperando para cirurgia”.

OUTRO LADO – O A Voz do Vale questionou a Prefeitura sobre o caso, porém, até o fechamento desta edição, o executivo não havia se manifestado.

Fonte: A Voz do Vale

Deixe seu comentário



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *