MÃE DENUNCIA SUPOSTA FALTA DE SORO ANTIESCORPIÔNICO EM AVARÉ E ARANDU

07/01/2019

A Santa Casa de Avaré, além do Hospital Municipal de Arandu não teriam o soro de combate ao veneno do escorpião.

A denúncia é de uma mãe de se utilizou de sua página em uma rede social para retratar a dificuldade de encontrar o antídoto para medicar o filho, de 3 anos, que sofreu uma “picada” de escorpião. O caso ocorreu na sexta-feira, dia 4 de janeiro.

Segundo o relato da mãe, C.M., o filho foi picado por um escorpião em um condomínio na represa de Jurumirim, em Arandu. A criança foi levada ao Hospital Municipal, porém, como não havia o soro antiescorpiônico, foi transferida para a Santa Casa de Avaré.

Ela relata que na Santa Casa não havia o antídoto. Na postagem, ela destaca que o médico pediatra teria dito que não seria o caso de administrar o medicamento, embora o pediatra dela, de Botucatu, teria sugerido que a medicação fosse ministrada imediatamente, por se tratar de uma criança de apenas 3 anos.

Diante da suposta falta do soro, os pais levaram a criança para o Hospital infantil de Botucatu. A mãe relata ter enfrentado uma forte chuva no caminho. A criança foi medicada e passa bem.

Criança foi picada na altura da nuca

O caso foi comentado pelo vereador Flávio Zandoná (PSC). “Recebi a informação que uma criança de 3 anos de idade foi picada por um escorpião e buscando atendimento no PS. Isso não pode acontecer, pois estamos tendo muitos casos de escorpião aqui em Avaré e os responsáveis pela saúde avareense devem estar atentos a esses incidentes que tem acontecido”.

Segundo apurado pelo site Avaré Urgente, a distribuição do soro antiescorpiônico seria de responsabilidade da Secretaria Estadual de Saúde. A Santa Casa de Avaré é a única da região a contar com um espaço adequado para o armazenamento deste medicamento.

A reportagem entrou em contato com a Santa Casa, porém ninguém foi encontrado para falar sobre o assunto. A instituição deverá se manifestar sobre o caso nesta segunda-feira, dia 7.

Deixe seu comentário



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *