EXCLUSIVO: JUSTIÇA CONCEDE LIBERDADE CONDICIONAL AO EX-PREFEITO JOSELYR SILVESTRE

19/03/2019

O ex-prefeito de Avaré, Joselyr Benedito Silvestre teve aceito seu pedido de liberdade condicional concedido pela Justiça, por meio da Unidade Regional de Departamento Estadual de Execução Criminal (Deecrim) de Bauru.

Em seu despacho, a Juíza Renata Biagioni destaca que o pedido de liberdade condicional é procedente diante de um “lapso temporal exigido foi resgatado em 19 de setembro de 2018, conforme cálculo anexado a dos autos”.

A magistrada destacou sobre o estado de saúde do ex-prefeito e anexou laudos que foram emitidos pelo um médico indicado pela Justiça Criminal.

Porém, a Juíza impôs algumas condições, como: Comparecer, no prazo de 30 dias, no Juízo da Execução Criminal do local que declarar residência para retirada da carteira para fiscalização e controle do benefício concedido.

Joselyr Silvestre ainda terá que arrumar um emprego, no prazo de 90 dias, “comprovando-a em Juízo ou Central de Apoio ao Egresso, se houver na Comarca, bem como apresentar no mesmo prazo, comprovante de residência”. Ele não poderá se mudar sem autorização da Justiça.

Na liberdade condicional, o ex-prefeito poderá sair para o trabalho às 6 horas e terá que estar em sua residências às 22 horas. A cada três meses ele terá que comparecer ao Fórum de Avaré, para o visto na carteira de liberado.

Ele está proibido de frequentar bares, boates, casas de jogos, parques de diversão e locais de reputação duvidosa. Joselyr não terá direito ao porte de armas de qualquer espécie ou qualquer objeto capaz de ofender a integridade física humana.

A decisão saiu na segunda-feira, dia 18 de março. A partir do momento da publicação, que deverá ocorrer nos próximos dias, começará a contar o período de 90 dias para que ele arrume um emprego.

O ex-prefeito Joselyr Silvestre foi preso no dia 29 de fevereiro de 2016, após decisão do Supremo Tribunal Federal em determinar a prisão de todos que tiveram condenações em segunda instância.

Ele ficou de fevereiro à dezembro de 2016 preso no Centro de Reabilitação (CR) de Avaré. No fim de dezembro de 2016 ele passou por um procedimento cirúrgico e, desde então, ele passou a ter o benefício de cumprir a pena em regime de prisão domiciliar, sendo que não podia sair de casa, salvo com autorização da Justiça.

Joselyr Benedito Silvestre administrou a cidade entre 1997 a 2000 e de 2005 a 2008. Ele é pai do atual prefeito de Avaré, Jô Silvestre (2017/2020).

Deixe seu comentário



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *