EVENTOS DA ABQM EM LONDRINA CRESCEM QUASE 200% A MAIS DO QUE EM AVARÉ

29/09/2018

Mais de 300 expositores confirmaram presença no 39º Potro do Futuro, 12ª Copa dos Campeões, 4º Derby e 1º Juvenil. Lojas de vestuário, calçados, joias, acessórios, veículos, galerias de garanhões, selarias, empresas veterinárias e de produtos agropecuários, trailers, leiloeiras, artesanatos, além de praça de alimentação, restaurantes, food trucks, cafés, choperias, entre outros, são atrativos do evento que ocorre de 14 a 21 de outubro. De acordo com a Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM), 10 mil pessoas por dia devem visitar o Parque de Exposições Governador Ney Braga, em Londrina (PR), durante o evento. A entrada é gratuita.

De acordo com a coordenadora de Marketing e Eventos da ABQM, Selly Sayed, a competição terá muitas novidades, como uma ampla área de conveniência, salão de cabeleireiro, pet shop, gastronomia japonesa, estande de móveis, entre outros. “Após 10 anos em Avaré (SP), viemos para Londrina e praticamente todas as marcas parceiras vieram conosco. E não se trata apenas de um evento com estandes de moda country e selarias. Neste Potro do Futuro, ampliamos ainda mais o leque de produtos e serviços. Teremos, por exemplo, a Feira de Sabores que contará com a presença de cerca de 15 pequenos produtores artesanais locais”, garantiu a coordenadora do evento.

CRESCIMENTO – Em julho deste ano, quando a ABQM realizou o seu primeiro evento em Londrina, foi registrado um crescimento de 168% no número de expositores, em relação ao Congresso Brasileiro realizado em abril, em Avaré. “O mercado do cavalo Quarto de Milha segue aquecido e atraindo novos negócios em todo o país. Um único evento da raça pode chegar a movimentar, entre negócios, serviços, premiação e leilões, cerca de R$ 40 milhões, além de injetar R$ 10 milhões na economia da cidade”, declarou Cicinho Varejão, presidente da ABQM. Segundo o IBGE, o setor de equinos no país deve registrar um crescimento anual de 12% e movimentar mais de R$ 16 bilhões até dezembro.

Ellen Enz, empresária do setor de vestuário, é expositora na ABQM desde 2013. Ela afirmou que viu em Londrina uma oportunidade de atrair novos clientes. Cidinha Enz, mãe e sócia de Ellen, completou: “No Campeonato Nacional, em julho, faturamos 22% a mais em relação ao evento de abril.

Em Londrina, vendemos para muitos visitantes que não são deste segmento, mas que vieram ver os cavalos e acabaram comprando”. Estreante em eventos da ABQM, Odair Delefrati, diretor de uma loja de quadriciclos, falou que a receptividade dos clientes foi muito boa. “Fizemos vendas imediatas. O evento da ABQM superou as nossas expectativas”, comemorou o empresário.



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.