ESTUDANTE É AGREDIDO DENTRO DE SALA DE AULA EM TAQUARITUBA

13/09/2019

Um estudante de 12 anos foi agredido dentro da sala de aula em uma escola de Taquarituba. Um vídeo gravado dentro da sala de aula mostra um estudante segurando os braços do menino enquanto outro dá um tapa na cara dele e a vítima não reage.

Em outro vídeo, os garotos seguram o menino agredido, que é empurrado contra uma parede. As agressões teriam ocorrido no início da semana, na Escola Estadual Professor Guido Dias de Almeida, segundo a família da vítima.

Depois das agressões, os estudantes trocaram mensagens em um grupo de um aplicativo de conversas. Alguns admitem que houve bullying e que erraram ao deixar de ajudar o colega.

“[…] Foi bullying e todo mundo acobertou. Eu sei que também estava errada, mas não adianta agora todo mundo querer ‘pagar de santo’ e fingir que ninguém fez nada”, disse uma estudante no grupo.

Um boletim de ocorrência foi registrado por ato infracional. A mãe do menino disse para a polícia que o filho também sofre agressões verbais, além das físicas e que, por isso, não quer mais ir à escola.

Segundo a polícia, os agressores foram identificados e os envolvidos começaram a ser ouvidos na sexta-feira, dia 13 de setembro. A direção da escola informou à TV TEM que os agressores e a vítima não foram para a escola nesta sexta-feira.

A Diretoria Regional de Ensino de Avaré informou que repudia todo e qualquer ato de violência dentro e fora do ambiente escolar.

Ainda segundo a diretoria, todas as medidas cabíveis quanto ao caso foram tomadas e que os pais dos alunos envolvidos foram chamados à unidade e o conselho de escola irá se reunir nos próximos dias.

O órgão também disse que a escola trabalha a resolução de conflitos e incentivo à cultura de paz.

Fonte: G1/TV Tem

Deixe seu comentário



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *