DETENTO É SUSPEITO DE MATAR COMPANHEIRO DE CELA EM IARAS

07/07/2016

Um detento de 30 anos é suspeito de matar o companheiro de cela, de 25 anos, na Penitenciária de Iaras, na quarta-feira, dia 6. Em nota, a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) confirmou o caso e afirmou que foi instaurado procedimento disciplinar para apurar o crime.

De acordo com o boletim de ocorrência, um agente de segurança da prisão relatou à polícia que prestava serviço no pavilhão disciplinar, quando, ao chegar em uma das celas de regime disciplinar para recolher as marmitas do almoço, um dos detentos informou que havia matado o companheiro e disse que cometeu o crime porque o colega se masturbou na frente dele. O rapaz foi encontrado caído na cela sem camisa, mas não havia sinais de violência pelo corpo.

A Polícia Civil foi acionada e, em seguida, o detento foi removido para outra cela. O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) para passar por exame necroscópico.

Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, em depoimento à polícia, o detento negou a versão do agente, alegou que a vítima morreu após ingerir medicamentos e que não conhecia o rapaz. Ele foi autuado por homicídio e permanecerá preso na penitenciária. O caso seguirá sob investigação.

Em nota, a  Secretaria de Administração Penitenciária confirmou o caso e afirmou que foram tomadas todas as providências necessárias para assegurar as formalidades legais e devidamente encaminhadas à Delegacia de Polícia. Foi instaurado procedimento disciplinar para apurar o caso e a Vara de Execução Criminal foi comunicada.

Além disso, a SAP alega que irá solicitar a internação do presidiário junto ao Centro de Readaptação Penitenciária de Presidente Bernardes, em regime disciplinar diferenciado pelo prazo máximo previsto em lei, que é de 360 dias.

Fonte: G1



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.