BOMBEIROS INTENSIFICAM FISCALIZAÇÃO NA REPRESA DE JURUMIRIM EM AVARÉ

31/12/2017
O Corpo de Bombeiros de Avaré intensificou a fiscalização na represa Jurumirim para evitar afogamentos, principalmente no período de férias, época em que muitos aproveitam o verão e os feriados para se refrescar no local.

De acordo com a corporação, a operação ‘Praia Segura’ foi criada em 2014, quando 16 pessoas morreram afogadas na represa e, desde então, não houve mais registros de mortes por afogamento em Jurumirim.

Os bombeiros informaram que os banhistas serão orientados todos os fins de semana, até fevereiro, depois do carnaval. Em caso de emergência, o resgate pode ser acionado pelo telefone 193.

Segundo o bombeiro Alex Sandro Ferreira Neves, para evitar acidentes são usados botes, motos aquáticas e lanchas. Mas, ainda assim, ele afirma que é necessário tomar cuidado ao nadar na represa.

“Água no umbigo é sinal de é perigo! Então, orientamos os pais que mantenham suas crianças na água até o limite da cintura e a distância de um braço dos responsáveis, pois se caso acontecer alguma coisa, dá tempo de socorrerem”, explica

Além das orientações para crianças, o oficial afirma que os maiores de idade, se ingerirem bebida alcoólica, não devem nadar e nem coduzir embarcações para evitar acidentes náuticos, como um atropelamento, explica Neves.

Preocupado para o divertimento em família não ter incidente, o mestre de obras Gilberto Éder da Silva Santos afirma que vai seguir todas as orientações e alertas os amigos. “Apesar de ver que os bombeiros estão por perto, sempre tomo muito cuidado para que não ocorra nenhum acidente”, afirma.

Fonte: G1



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.