APÓS 21 DIAS DE GREVE, BANCOS VOLTAM A FUNCIONAR EM AVARÉ

Depois de 21 dias em greve, iniciada em 6 de outubro, os bancos voltaram a funcionar normalmente na região na terça-feira, dia 27. A categoria aceitou o reajuste de 10% proposto pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) em resposta à pedida de 16% de aumento salarial.

O Sindicato de Bauru, que atende a região de Avaré (SP), havia rejeitado a oferta, mas teve que aceitar o fim da paralisação por conta da maioria no restante do estado de São Paulo. No Estado do Mato Grosso e Roraima a proposta não foi acatada e os bancos manterão a greve.

REAJUSTE – A última proposta apresentada pela Fenaban foi de reajuste salarial de 10%, aplicáveis aos salários, benefícios e participação nos lucros, além de correção de 14% no vale-refeição e no vale-alimentação.

Segundo a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), os bancos aceitaram também abonar 63% das horas dos trabalhadores de seis horas, de um total de 84 horas, e 72% para os trabalhadores de oito horas, de um total de 112 horas. Assim, após a volta ao trabalho, os bancários irão compensar, no máximo, uma hora por dia útil, até o dia 15 de dezembro.



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.