ZIROLDO QUER A MANUTENÇÃO DOS PÁRA-RAIOS EM ESCOLAS E CRECHES

Preocupado com a segurança de alunos, professores e funcionários, o presidente da Câmara Municipal de Avaré, vereador Denílson Rocha Ziroldo, encaminhou, no início de janeiro de 2015, um ofício ao executivo requerendo cópia de laudos dos pára-raios de todas as unidades de ensino da cidade e que informasse ainda se existiria alguma que não disponha do equipamento.

No dia 16 de janeiro do mesmo ano, o vereador recebeu um ofício da Secretaria de Educação estimando um prazo de 60 dias para que uma empresa fosse contratada para realizar o diagnóstico da situação. “Já estamos no final de abril e até agora não recebi nenhum laudo referente à minha solicitação. Isso já é demais. Tanto as crianças como os nossos professores e os funcionários estão correndo risco de vida”, alerta o parlamentar.

Diante da gravidade do problema, o vereador do PSC encaminhou na quarta-feira, dia 22, o ofício 82/2015 cobrando a Prefeitura para que encaminhe, com urgência, toda a documentação referente à contratação/licitação, se já foi realizada, ou dos esclarecimentos necessários em caso de o processo ainda não ter sido concluído. “Tomara que os abajures deste governo tenham feito o diagnóstico, pois me responderam que em 60 dias me encaminhariam a resposta, o que eu acho muito tempo e até agora nada. Isso é um absurdo”, desabafou.

Para o vereador, o fato de o equipamento ser instalado nas escolas do município traria mais tranqüilidade tanto aos pais como as crianças e aos profissionais que trabalham nas unidades de ensino do município. “Com a previsão de que o País está tendo aumento na incidência de raios, a instalação de um equipamento pára-raios pode evitar acidentes e vai tranquilizar tanto os pais e aos funcionários que trabalhando nas unidades, trazendo segurança para estas crianças. O zeloso vereador está sim preocupado com isso porque estamos tratando de vidas. É uma medida de proteção”, explicou o vereador.

Para Ziroldo, a atual administração estaria sendo displicente com o caso. “O que me parece que o atual governo não está preocupado com isso. É um caso que tem que ser tratado com seriedade e agilidade. É muita displicência deste governo com os funcionários, professores e alunos. Pelo jeito nem sabiam que os equipamentos precisavam de manutenção. É de se ficar indignado com o caso.”

O PÁRA-RAIO – Eles são estruturas metálicas que absorvem a energia da descarga elétrica, evitando prejuízos ao imóvel e às pessoas que nele frequentam. Qualquer edificação com mais de 750 metros quadrados têm de ter pára-raios obrigatoriamente, sendo comercial ou não. A Instrução Normativa de número 10, de março deste ano, é que regulamenta os sistemas de proteção contra descargas atmosféricas.

Deixe seu comentário



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *