VEREADOR “CULPA” EX-PREFEITO JOSELYR SILVESTRE PELA DEFASAGEM SALARIAL DOS SERVIDORES

17/04/2018

Para o petista Ernesto Albuquerque, a defasagem no salário dos funcionários públicos da Prefeitura de Avaré, se deve ao ex-prefeito Joselyr Silvestre, pai de Jô Silvestre que administrou a cidade entre os anos de 1997 a 2000 e 2005 a 2008.

O petista falou de um levantamento feito em 2014 sobre a defasagem salarial dos servidores municipais. Segundo o vereador, entre os anos de 1997 até o ano 2000, Joselyr Silvestre não teria concedido nenhum reajuste.

Ele disse ainda que somente em 2001, no início da administração de Wagner Bruno, teria sido dado 3,81% de aumento mais um abono salarial. Já em 2002 foram 7%, em 2003 mais 2% e em 2004 não foi concedido nenhum reajuste.

Ainda segundo o petista, no segundo mandato, Joselyr somente teria concedido o reajuste a todos os servidores em 2006, com 17% no total. “Dos 8 anos, só tiveram reajuste em 2006. Foram 7 anos de achatamento salarial.

Ernesto disse ainda que dificilmente o prefeito Jô Silvestre concederá reajuste em 2018, assim como ocorreu em 2017.



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.