VEREADOR CHAMA IMPRENSA DE AVARÉ DE “MÍDIA MARROM”

08/01/2018

O vereador Coronel Morelli, que foi eleito pela coligação PP/PSDB do então candidato a prefeito Denilson Ziroldo e que em 2017 foi líder do governo de Jô Silvestre na Câmara, utilizou sua página em uma rede social para proferir críticas contra a imprensa de Avaré.

Em seu post, Morelli, diz ser boato a informação de que ele deixaria a Câmara para assumir uma secretaria na atual administração. “Aqui estou para informá-los que há um “boato“ que irei ser secretário de município. Bem , uma coisa eu , Coronel Morelli , posso confirmar ! Isso é um boato sim”, postou.

Sem citar nomes, o vereador do PP acabou atacando a imprensa avareense. Ele destacou que veículos de comunicação da cidade não seriam sérios e chegou a chamar a imprensa da cidade de “mídia marrom”.

“Infelizmente a gente tem que conviver com “veículos de comunicação que não são sérios e que só sobrevivem com sensacionalismos e mentiras . É considero isso uma “mídia marrom“. Mas, posso também informá-los com verdades, que não há intenção é nem convite para eu ser secretário de município . E também que para a infelicidade de algumas pessoas , que continuo como Vereador em nosso município”.

JORNALECO – Em outro trecho do post, Morelli chegou a chamar um veículo de comunicação de Avaré de “Jornaleco”. “Penso que um veículo de informação SÉRIO teria , no mínimo feito uma ligação para mim , pois teria evitado de mostrar o quão antiprofissional é esse Jornaleco” .

NOTA DA REDAÇÃO – O site Avaré Urgente repudia a postagem considerada infeliz do vereador Coronel Morelli em sua rede social por atacar a imprensa da cidade. Quando o parlamentar fala de “veículos de comunicação”, está falando de todos e isso é lamentável.

A imprensa cresce a cada dia no seu trabalho de informar a população com muita credibilidade e impessoalidade do que acontece ao redor do mundo, com notícias claras e objetivas.

Nesses últimos dez, quinze anos a Imprensa vem contribuindo de forma fundamental como instrumento de investigação e de denúncia diante da sociedade e dos poderes públicos, denunciando fatos de corrupção, estelionato, peculato, tráfico de influência entre outros.

A imprensa é o quarto poder. Todo o cidadão hoje conhece o poder que a mídia desempenha, conseguindo a todo o momento pressionar e ajudar na elucidação de fatos importantes tanto políticos no caso do Mensalão, e também de homicídios como foi o de Isabela Nardoni, pressionando para que a sensação de impunidade não impere em uma sociedade, muitas vezes descrente que o caso terá um final com os infratores sendo punidos.

Não podemos negar que desde quando existe a liberdade de imprensa ela tem cumprido muitas vezes com o seu papel de pressionar classes superiores para quem sabe assim sonharmos com uma sociedade mais igual.

Ao invés de se utilizar de um texto desnecessário na rede social, o vereador poderia procurar o órgão de imprensa e pedir um direito de resposta. Seria um direito que ele poderia se utilizar e não atacar a imprensa da cidade chamando de “mídia marrom”.



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.