VEREADOR BUSCA VERBA PARA ATENDER COMUNIDADE TERAPÊUTICA E CONSTRUÇÃO DE CRECHE NA BARRA GRANDE

O presidente da Câmara de Avaré, vereador Denílson Ziroldo, esteve em São Paulo na segunda-feira, dia 20, onde participou de uma reunião com o secretário Chefe da Casa Civil, Edson Aparecido.

Na oportunidade, o presidente do legislativo avareense solicitou a viabilização de recursos para atender a entidade Comunidade Terapêutica Nova Jornada, no valor de R$ 200 mil. A verba visa à ampliação e especializar ainda mais a rede de serviços prestados pela entidade.

“A Comunidade Nova Jornada é uma entidade séria que necessita do nosso apoio, por isso estive em São Paulo em busco de recursos para a Comunidade que oferece acolhimento para pessoas com transtornos decorrentes do uso, abuso ou dependência de drogas. É uma instituição séria, voltada a pessoas que desejam e necessitam de um espaço protegido, em ambiente residencial, para auxiliar na recuperação da dependência à droga”, destacou.

MAIS VERBAS – O vereador também solicitou do chefe da Casa Civil a liberação de R$ 500 mil para a edificação de uma creche e melhoria da rede de iluminação pública do Bairro Barra Grande.

“A Barra Grande é um bairro onde residem centenas de avareenses e precisa ter uma melhor atenção da administração pública. Caso a verba seja liberada, uma creche será edificada no local e que vai ajudar e muito a população local. Alguns pais tem que trabalhar. Alguns deixam as crianças com vizinhos ou parentes e outros levam as crianças para a creche na cidade. É um transtorno que pode ser resolvido com a construção de uma creche lá. Vai facilitar a vida da população”, destacou.

Ziroldo acrescentou a importância dos parlamentares em buscar verbas para melhorias na cidade. “Estamos em recesso somente em relação às sessões, mas estou trabalhando, buscando verbas para nosso Município e também fiscalizando. Esse é o trabalho do vereador, sempre buscar atender as necessidades de nossa população”, finalizou.



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.