QUASE 45% DO DUODÉCIMO DA CÂMARA FORAM DEVOLVIDOS PARA A PREFEITURA

06/01/2017
Entre novembro e dezembro de 2017, a Câmara Municipal de Avaré efetuou a devolução de mais de R$ 3 milhões do duodécimo para a Prefeitura. O valor corresponde a quase 45% do valor total repassado pela municipalidade ao legislativo no ano passado.

“O resultado demonstra que uma administração com seriedade, consciência e responsabilidade com o dinheiro público faz com que haja sobra sem deixar com que as prioridades básicas sejam supridas”, destacou o presidente da Câmara, vereador Toninho da Lorsa.

Segundo o legislativo, a antecipação da devolução ocorreu por solicitação do prefeito Jô Silvestre para sanar a crise financeira enfrentada pela municipalidade. As devoluções auxiliaram no pagamento do salário de novembro e no 13° salário. Além disso, no início do ano, a Câmara doou um carro para ser utilizado pela Secretaria da Saúde.

“E quem ganhou com isso foi toda a cidade, principalmente os funcionários públicos municipais que puderam ter garantido o salário no mês de novembro, quando foram antecipados R$ 2 milhões, bem como o 13º salário no mês de dezembro, quando foram antecipados mais R$ 900 mil, permitindo assim com que a prefeitura honrasse tais compromissos com seu funcionalismo”, disse Toninho.

No dia 28 de dezembro, a Câmara ainda efetuou a devolução de mais R$ 126 mil ao executivo.

HISTÓRICO – Os valores devolvidos à Prefeitura foram os maiores desde 2013, quando o legislativo devolveu 17,27% do repasse do duodécimo.

Já em 2014, a então presidente da Câmara, vereadora Bruna Silvestre, devolveu apenas 7,65%. Em 2015, já durante a presidência de Denilson Ziroldo, foram devolvidos 19,86% e, em 2016, 9,18% foram devolvidos a Câmara, porcentagens bem abaixo do que foram devolvidos pela atual Mesa Diretora que foi de 44,80%.

Confira o comparativo abaixo:



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.