PRONTO SOCORRO DE AVARÉ ATENDE CERCA DE 400 PESSOAS POR DIA, REVELA SECRETARIA DA SAÚDE

07/10/2019

Números apresentados durante audiência pública da Saúde do 2º quadrimestre, mostram que foram registrados, no Pronto Socorro de Avaré, 46.754 atendimentos em 4 meses, ou seja, uma média de 11,6 mil atendimentos por mês, quase 400 por dia.

Destes, 2.809 foram de atendimentos a pessoas que residem nos 16 municípios atendidos por Avaré. Entre maio e agosto, foram registradas 137 mortes violentas no Pronto Socorro. Os óbitos ocorrerem devido a uso de arma de fogo, arma branca (facas, espetos, etc.), arma de fogo e, principalmente, por acidentes.

Segundo dados do Centro de Referencia em Saúde do Trabalhador Regional (Cerest) de Avaré, foram registrados 69 acidentes de trabalho, sendo 50 leves, 11 moderados, 6 graves e 2 fatais. Na região, foram 289 acidentes no trabalho.

POSTÃO – O secretário Roslindo Machado revelou que a construtora responsável pela reforma no Centro de Saúde I, mais conhecido como Postão da Rua Acre, deve entregar a obra até o final da próxima semana.

Porém, a Prefeitura necessitará realizar a instalação de cabos de rede e internet, além de organizar o espaço para acomodar as salas de atendimento e de administração. Ele estipulou que o Postão seja reaberto até dezembro deste ano

Ainda durante a audiência pública, o secretário Roslindo Machado confirmou, o primeiro caso de sarampo. Trata-se de uma criança de 12 anos que mora no Residencial Mário Emílio Bannwart.

Segundo o secretário de Saúde, o caso de sarampo foi registrado em agosto, porém somente foi divulgado no fim de setembro. Informações dão conta que a criança foi medicada e segue em tratamento.

Devido à identificação do caso, a Vigilância Epidemiológica orienta para que todos no entorno da pessoa contaminada recebam a “vacina de bloqueio”, que é a tríplice viral, que deve ser aplicada nas pessoas que moram na mesma casa de quem está com sarampo, vizinhos próximos, crianças da mesma creche, escola, ou, no caso de adultos, ambiente de trabalho.

Tudo isso para tentar “bloquear” o vírus, aumentando a imunidade de todos que possam ter tido contato com a pessoa doente, impedindo que novos casos apareçam e, consequentemente, impedindo que o vírus se espalhe ainda mais.

CAMPANHA – Considerando a incidência de surtos de sarampo e a gravidade dos casos, a Campanha Nacional de Vacinação Contra o Sarampo vai acontecer em duas etapas em 2019.

Crianças de 6 meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias serão imunizadas entre 7 e 25 de outubro. O Dia D, quando acontece a mobilização nacional, acontece no sábado, 19 de outubro.

Já adultos de 20 a 29 anos serão imunizados entre 18 a 30 de novembro. O último dia da etapa, também será reservado para o Dia D.

Ambos os grupos vão passar por avaliação da situação vacinal (análise da carteira de vacinação) antes de receber a dose, conforme a recomendação do Ministério da Saúde.

MORTES – Ainda segundo dados da Vigilância Epidemiológica, entre maio e agosto de 2019, foram registrados duas mortes por tuberculose. No período, 13 casos foram notificados.

A tuberculose é um problema de saúde pública. Trata-se da quarta causa de morte entre as doenças infecciosas e a primeira entre as doenças infecciosas em pessoas com HIV no Brasil. De acordo com a nova classificação da Organização Mundial da Saúde (OMS), o país ocupa a 20ª posição na lista dos 30 países prioritários para tuberculose.

Segundo a OMS, a tuberculose é uma das doenças infecciosas que mais matam no mundo. Cerca de 10 milhões de pessoas contraíram a doença no mundo, em 2017, e 1,3 milhão morreram.

Outro dado que chama a atenção está relacionado ao vírus HIV. No segundo quadrimestre de 2019, foram detectados 17 novos casos de AIDS. No período de maio e agosto deste ano, foram notificados ainda 27 casos de dengue.

Com informações do Jornal A Voz do Vale Digital

Deixe seu comentário



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *