PRESO “COME” DOIS CELULARES EM PRESÍDIO

04/05/2017

Um detento de 27 anos, preso na Penitenciária de Taquarituba, engoliu dois celulares e precisou passar por cirurgia para retirar os aparelhos do estômago, divulgou a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) na quarta-feira, dia 3.

Apesar de celulares não serem admitidos nas penitenciárias, o homem pode ser inocentado, pois a lei prevê pena apenas a quem levar um celular à cadeia, explica a delegada Camila Rosa Alves. “O crime é levar o aparelho de fora para dentro da penitenciária, e não possuir um aparelho lá dentro”, afirma a chefe da Polícia Civil em Taquarituba.

O homem, preso desde 2016, só responderá criminalmente caso seja o responsável por levar os celulares para dentro da penitenciária.

O motivo dele ter “comido” os aparelhos não foi informado pela SAP. Segundo a diretoria da penitenciária, o homem passa bem e está internado.

CIRURGIA – De acordo com a SAP, a cirurgia para a retirada dos celulares aconteceu em 26 de abril, depois que o preso de 27 anos contou a funcionários do presídio que estava com fortes dores abdominais.

Segundo a secretaria, depois de reclamar aos funcionários, o homem foi encaminhado à Santa Casa da cidade. No hospital um exame de radiografia constatou que o rapaz tinha dois aparelhos móveis dentro do corpo.

Em seguida, o detento foi encaminhado para o Hospital da Universidade Estadual de São Paulo (Unesp) em Botucatu (SP), onde os aparelhos foram retirados por cirurgia. Os celulares estavam dentro de um saco plástico e, juntos, medem o equivalente a uma caneta, aproximadamente 14 centímetros.

“Vamos aguardar o retorno dele [para a prisão] para ouvi-lo e saber com quem ele conseguiu esses celulares. Vamos entender também o porquê dele ‘comer’ os aparelhos”, esclarece a delegada.

Apesar de poder ser inocentado pela polícia, o detento vai responder a um inquérito aberto pela SAP. Após a investigação interna, o preso que comeu os celulares pode receber sanção disciplinar. O homem foi preso em 2016 por crime contra o patrimônio (roubo ou furto).

Deixe seu comentário



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *