PREFEITURA REASSUME ATENDIMENTOS NO COSA

10/10/2017
A Prefeitura de Avaré, através da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (Semads) reassumiram os atendimentos do Conselho de Obras Sociais de Avaré (Cosa). A entidade terá novos serviços e locais de execução.

Os serviços têm, por objetivo, buscar incidências de trabalho infantil, exploração sexual em crianças e adolescentes e pessoas que estão em situação de rua. Pretende atender jovens, adultos, idosos e famílias que utilizam o espaço público como forma de moradia.

Por meio do Centro Especializado de Assistência Social (Creas), profissionais oferecerão apoio através de atendimentos realizados por assistentes sociais, psicólogos e educadores.

DOCUMENTOS – Para os usuários que se encaixam dentro do perfil socieconômico, o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) oferecerá a isenção para retirada das segundas vias dos documentos: RG, CPF e certidões.

O interessado deverá comparecer presencialmente no local.

Informações
Cras I
Rua Jacy Coutinho, 451 – Paineiras
CEP: 18705.680
Telefone: (14) 3732.1938
E-mail: cras1@avare.sp.gov.br

Cras II
Rua Maneco Dionisio, 318 – Vila Martins II
CEP: 18701.480
Telefone: (14) 3731.2034
E-mail: cras2@avare.sp.gov.br

Cras III
Rua Manoel dos Santos Callado, 311 – Jardim Vera Cruz
CEP: 18708.800
Telefone: (14) 3732.2552
E-mail: cras3@avare.sp.gov.br

Cras IV
Rua Julio Batista, 41 – Presidencial
CEP: 18706.620
Telefone: (14) 3732.4200
E-mail: cras4@avare.sp.gov.br

Serviço de Atendimento e Encaminhamento (SAE)
Rua Rio Grande do Sul, 2034 – Prédio do Bolsa Família / Centro
CEP: 18706.620
Telefone: (14) 3732.6599



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

  • Ilza Antônia Brasil

    Muito bem, agora basta avisar a população que necessita desse serviço, onde encontrá-lo, pois tenho certeza que eles não leem jornais, nem tampouco tem internet… Demorou pro SEMADS assumir a responsabilidade, já que são Assistentes sociais…