PREFEITURA PRETENDE GASTAR MAIS DE R$ 160 MIL COM LOCAÇÃO DE DECORAÇÃO NATALINA

Mesmo passando por uma crise financeira declarada, chegando a atrasar o pagamento de horas extras dos servidores municipais, a Prefeitura de Avaré pretende arcar com gastos de decoração natalina estimados em mais de R$ 160 mil.

Os custos referem-se à despesas para a locação de decoração natalina que inclui arcos, braçadeiras decorativas e cenografia, conforme solicitação do secretário de Turismo Fernando Peixoto.
Os gastos chamam a atenção porque a Prefeitura, em um primeiro momento, demonstrava intenção de realizar uma decoração de baixo custo, com materiais recicláveis. A Casa de Artes e Artesanato chegou a lançar uma campanha para arrecadar garrafas pet para serem usadas na decoração de Natal. Porém, ao que tudo indica, o município preferiu investir centenas de milhares de reais em aluguel de enfeites.

Para justificar os gastos, o secretário Fernando Peixoto Alonso alegou que o projeto de decoração natalina tem por objetivo “fomentar o setor de turismo, comércio e serviços do município, de modo a garantir a economia aquecida e a empregabilidade neste segmento de extrema importância” para a cidade.

Ainda segundo Peixoto, associada à decoração natalina, serão realizadas diversas ações com o intuito de atrair turistas e “promover o entretenimento para a população local”. O valor estimado pelo Departamento de Licitações é de R$ 161.735,58.

O Pregão Presencial 89/15, processo 463/15, que está marcado para ocorrer na quinta-feira, 8, foi dividido em 5 lotes e prevê a decoração de arcos, postes, locação de árvore de Natal e de Papai Noel.

OUTRO LADO – Questionada sobre o gasto diante do cenário de crise aventado pelo próprio prefeito Poio Novaes em recente coletiva, a Prefeitura afirmou que a medida tem o objetivo de estimular a manutenção de empregos e melhora na circulação de capital no mercado local.

“Assim com fez em 2014, a Secretaria de Turismo pretender investir na decoração natalina com o propósito de auxiliar o potencial comercial da cidade, que hoje posiciona-se como polo comercial e estudantil de uma região. Estima-se que o custo médio pesquisado pelo Turismo (R$ 160 mil) seja reduzido pela metade, dado o interesse de diversas empresas no referido serviço. Há ainda a possibilidade de Avaré receber emenda parlamentar de R$ 100 mil do deputado federal Capitão Augusto para custeio dos enfeites de Natal”, conclui a nota. (Com informações da Comarca)

Deixe seu comentário



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *