PREFEITURA AINDA NÃO PAGOU POR TERRENO DO ARENÃO, AFIRMA VEREADOR

12/03/2019

Segundo informações levantadas pelo vereador Ernesto Albuquerque, o terreno que foi desapropriado pela Prefeitura em 2005, durante o governo do Joselyr Silvestre, pai de Jô Silvestre, para a construção do Arenão ainda não foi pago.

A dívida inicial é de R$ 421.390, 80, porém, após 14 anos, o valor deverá ser corrigido, podendo chegar a R$ 1 milhão.

Durante o governo do ex-prefeito Poio Novaes, a Prefeitura foi obrigada a devolver R$ 603 mil ao Departamento de Assistência ao Desenvolvimento das Estâncias (Dade).

O valor é referente a um convênio firmado em 2007 durante o governo de Joselyr Silvestre para a construção do Centro de Eventos, mais conhecido como Boiódromo ou Arenão.

A devolução ocorreu depois que o convênio firmado entre a Prefeitura e o Dade expirou. Toda verba liberada pelo departamento tem que ser utilizada no prazo de cinco anos. A obra do Boiódromo está parada desde 2008, quando um lençol freático foi descoberto no local.

A primeira fase, com investimento de R$ 253 mil, deveria ter sido entregue em 2012, durante a gestão do ex-prefeito Rogélio Barcheti. Já a segunda fase venceu em 2013, primeiro ano da administração de Poio Novaes. O valor que deveria ser investido foi de R$ 350 mil.

Desde que assumiu a Prefeitura, em janeiro de 2017, o atual prefeito, Jô Silvestre, vem trabalhando para que as obras no local sejam retomadas. Para isso, verbas do Dadetur que estavam destinadas para melhorias em outros setores de Avaré foram redirecionadas para o Arenão.

A estimativa é que o custo com o Arenão passe dos R$ 9 milhões.

Deixe seu comentário



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *