PREFEITOS DA REGIÃO ELEGEM NOVA DIRETORIA DO CONSÓRCIO VALE DAS ÁGUAS

10/08/2017

Os prefeitos Marcos Antonio Zaloti (Cerqueira César), Aroldo José Caetano (Águas de Santa Bárbara), Francisco Pinto de Souza (Iaras) e Luiz Carlos Castelo (Arandu) se reuniram, no início do mês, com o prefeito Jô Silvestre (Avaré) para regularizarem a situação do Consórcio Intermunicipal “Vale das Águas”.

A reunião aconteceu em Avaré e contou com a presença dos novos gestores cujo os mandatos foram iniciados em 2017 Estiveram presentes ainda o procurador jurídico de Cerqueira César, Rogero da Silva, o secretário de Administração de Avaré, Ronaldo Adão Guardiano, o secretário da Fazenda de Avaré, Itamar de Araújo, o assessor de gabinete da Prefeitura de Águas de Santa Bárbara, Tiony Aparecido Barros, o assessor de gabinete da Prefeitura de Iaras, Paulo Roberto Gomes de Ignácio e o diretor de gabinete de Cerqueira César, Marcelo Sanches.

As autoridades presentes constituíram os membros da diretoria para o biênio 2017/2018 sendo eleito por aclamação o prefeito de Cerqueira César, Marcos Zaloti (Presidente), o prefeito Jô Silvestre (Vice-Presidente) e a escolha do secretário Executivo e demais membros do Conselho Fiscal.

A diretoria do Consórcio Intermunicipal Vale das Águas tem como objetivo regularizar a situação jurídica do órgão, perante ao Egrégio Tribunal de Contas do Estado até o encerramento das atividades.

Durante a reunião os prefeitos municipais colocaram em votação a questão relativa aos atos praticados no período de 23/03/2006 até 27/07/2017 pelos ex-prefeitos e atuais prefeitos, sem realizar Assembleias, sem elaborar atas de reuniões; independente de eleição do Conselho de Prefeito e Conselho Fiscal; bem como sem indicar Secretário Executivo, especialmente no que diz respeito às reuniões realizadas nos dias 15/10/2007, 07/10/2015 e 29/07/2015 o que foi ratificado.

Também foi decidido entre os presentes a alienado através de Leilão Público o único bem patrimonial existente remanescente do Consórcio, um trator esteira para fins de baixa do patrimônio. Já com relação às dívidas das prefeituras municipais consignadas em atas anteriores os gestores decidiram que serão efetuados o aporte necessários às novas despesas do Consórcio e posterior rateio em cotas igualitárias aos municípios consorciados.



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.