PREFEITO TERIA REVELADO TER PAGO POR HORAS EXTRAS NÃO REALIZADAS

06/03/2018
Durante a sessão da Câmara, realizada na segunda-feira, dia 5, diversos vereadores destacaram que o prefeito Jô Silvestre, em entrevista a uma emissora de rádio, teria dito que funcionários da coleta de lixo estariam recebendo por horas extras sem cumpri-las.

Segundo Francisco Barreto, o prefeito teria dito ainda que mesmo sabendo que os servidores não estariam, em tese, realizando as horas extras, a Prefeitura estaria efetuando o pagamento do benefício. O fato também foi comentado pelo presidente da Casa de Leis, vereador Toninho da Lorsa.

Informações obtidas pelo site Avaré Urgente dão conta que Jô Silvestre poderia estar prevaricando, caso o fato estivesse mesmo ocorrendo, o que poderia gerar improbidade administrativa.

O vice-presidente do legislativo, vereador Flávio Zandoná também citou a entrevista concedida pelo chefe do executivo avareense.

Zandoná exibiu um áudio onde o prefeito teria dito que teria conversado com os funcionários da coleta de lixo sobre a terceirização. Em seguida, o vereador do PSC exibiu outro áudio onde um servidor disse que os funcionários do setor não conhecem pessoalmente o prefeito.

A maioria dos vereadores é contra a terceirização da coleta de lixo. A licitação para terceirizar o setor estava marcado para ocorrer na segunda-feira, dia 5, porém acabou sendo, pela segunda vez, adiada pelo executivo para ajustes no edital.



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.