PREFEITO ESTARIA TIRANDO RECURSOS DE OUTROS SETORES PARA TERCEIRIZAR A COLETA DE LIXO

03/04/2018

Durante a sessão ordinária da Câmara de Avaré, realizada na segunda-feira, dia 2 de abril, a vereadora Marialva Biazon revelou que o prefeito Jô Silvestre, por meio do decreto suplementar nº 5073, retirou verbas de outros setores para suprir os gastos com a terceirização da coleta de lixo.

Segundo a parlamentar, a Prefeitura retirou recursos de vários setores para completar a verba da terceirização que está contata em R$ 5,1 milhões por um período de 12 meses.

O que chamou a atenção é que através do decreto, o prefeito Jô Silvestre teria retirado verbas, até mesmo, de precatórios no valor de cerca de R$ 3,2 milhões. Os precatórios estariam vinculados diretamente ao Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TJ/SP).

Também teriam sido retiradas verbas de outros setores, como do CSU (R$ 15 mil), Secretaria de Esportes (R$ 640 mil), Cultura (R$ 100 mil), Programa de Alimentação do Trabalhador (R$ 3 mil), Infraestrutura de Conjuntos Habitacionais (R$ 1,1 milhão), Construção do Centro de Convivência do Idoso (R$ 100 mil) e Macro Drenagem/Construção de Galerias Pluviais (R$ 100 mil).

Ainda segundo a vereadora, a Prefeitura iria retirar recursos da reforma e ampliação do Cemitério Municipal (R$ 100 mil), recolhimento do lixo hospitalar (R$ 3 mil) e de precatórios cerca de (R$ 3,2 milhões). “Isso é um ato de insanidade, improbidade administrativa”, disse a parlamentar.

IRRESPONSÁVEL – Para Marialva, a Câmara deve tomar providências sobre o fato. “Essa Casa não pode ficar inerte. Será que o prefeito é tão irresponsável para não entender isso? Nós temos que tomar providências e encaminhar esse caso ao Ministério Público e ao Tribunal de Contas”, disse.



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.