PRÉDIO DO PRONTO SOCORRO NÃO SEGUE NORMAS DE SEGURANÇA

13/05/2017

O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP) divulgou, na sexta-feira, dia 12, um relatório com fiscalizações realizadas em mais de 200 unidades de saúde, incluindo o Pronto Socorro de Avaré e o Hospital de Arandu.

O Pronto Socorro de Avaré não conta com o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB). Além do PS, os fiscais do TCE vistoriaram a Unidade Básica de Saúde (UBS) Vera Cruz.

Ambos não tinham o auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros e o alvará da Vigilância Sanitária. O Pronto Socorro ainda não tinha boas condições de limpeza, acessibilidade e havia longo tempo de espera

Em Arandu, os ficais do TCE apontaram irregularidades com equipamentos em desuso no hospital municipal. Também constataram descarte de resíduos de forma inadequada. A unidade conta com o AVCB dos Bombeiros.



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.