POLÍCIA INVESTIGA SE RAPAZ QUE MORREU EM ACIDENTE DISPUTAVA RACHA

16/05/2018

A Polícia Civil de Cerqueira César investiga se um racha pode ter sido a causa do acidente que matou um rapaz de 27 anos e deixou um jovem de 18 anos ferido no domingo, dia 13, em uma rodovia da cidade.

O delegado responsável pelo caso deve pedir ao setor de investigação mais detalhes sobre a participação de um segundo carro que estava na pista no momento do acidente. Segundo a polícia, dois veículos trafegavam em alta velocidade pelas ruas da cidade momentos antes do capotamento.

No boletim de ocorrência registrado sobre o caso consta que Luiz Fernando, que dirigia o veículo, não conseguiu fazer uma curva no fim da Avenida Sotero Machado, atravessou o barranco e caiu na rodovia Salim Antônio Curiati, a aproximadamente 10 metros abaixo da avenida.

A avenida onde o carro estava é uma reta com 1 km de extensão. Ao final dela os motoristas devem fazer uma curva em 90 graus, mas Luiz Fernando passou reto. Na foto abaixo é possível ver a marca da frenagem no asfalto.

O motorista ficou preso às ferragens e chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O passageiro foi levado ao hospital da cidade onde segue internado em estado estável.

Ainda segundo o registro policial, outro carro estava na avenida no momento do acidente e foi retirado por um guincho, antes da chegada da perícia e da polícia, com os dois pneus estourados.

FOnte: G1



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.