PARA VEREADOR, PREFEITURA ESTARIA DEMORANDO PARA RESOLVER PROBLEMAS COM AS ENCHENTES

25/03/2019

A Câmara Municipal de Avaré promoveu, na quarta-feira, dia 20, uma audiência pública para tratar dos problemas que o município vem enfrentando com as constantes enchentes.

A audiência contou com a presença dos vereadores que fazem parte da frente parlamentar de combate às enchentes: Francisco Barreto, Adalgisa Ward, Flávio Zandoná e Cabo Sergio. Também estiveram presentes os vereadores Ernesto Albuquerque e Toninho da Lorsa.

Representantes da Sabesp, estudantes do curso de Engenharia Civil das faculdades Eduvale e UniFSP e do Corpo de Bombeiros também marcaram presença, além do secretário de Serviços da Prefeitura de Avaré, Abelardo Mendes o e representante da Defesa Civil, José Vasconcelos.

Na audiência foram debatidas possíveis soluções que possam ser implantadas pela Prefeitura para minimizar o problema com as enchentes no município. “Essa audiência é para chamar atenção da população e das autoridades que tem como obrigação resolver essa situação. Nós não podemos mais conviver com essa situação”, destacou o presidente da Casa de Leis, vereador Francisco Barreto, em entrevista concedida a Do Vale TV, emissora que vai ao ar pelo canal 10 da TV Cabo Mix.

Ele falou da importância da participação da população. “Hoje foi a terceira audiência pública com a grande presença da população e nós não vamos parar”.

Barreto revelou que encaminhará um estudo sobre as enchentes ao Ministério Público. “Nós vamos encaminhar esse material ao Ministério Público e vamos continuar dando andamento a esses trabalhos, pois nós ainda não vimos nada por parte da Prefeitura para dar uma solução às enchentes”.

O presidente do Legislativo falou das medidas que a Prefeitura estaria tomando, porém os serviços não estariam surtindo efeitos diretos. “Tivemos a presença do secretário de Serviços, o Abelardo Mendes e ele disse que alguns trabalhos estão sendo feitos em alguns pontos críticos para evitar, mas isso não basta, pois queremos mais intensidade”.

O vereador do PT destacou também que cerca de R$ 400 mil que eram destinados a Defesa Civil teriam sido remanejados ao Gabinete do Prefeito. Para ele, o prefeito Jô Silvestre teria verba para promover diversas melhorias em bueiros e galerias.

“O município vai ter verba para isso com a contribuição que vem no carnê do IPTU, que isso vai gerar aos cofres públicos, ligado ao Gabinete do Prefeito, quase R$ 400 mil, onde esse dinheiro poderá ser utilizado nos projetos para inibir essa questão que tanto assola o avareense. Ninguém aguenta mais e temos que trabalhar”.

Uma das medidas para minimizar e até resolver o problema com as enchentes no município seria a construção de “piscinões”. “O prefeito precisa tomar providências, desapropriar algumas áreas que já estão abandonadas e começar a construir ‘piscinões’ para a contenção da águas das chuvas. Esse seria o primeiro passo”.

Outra solução seria o alargamento de bueiros e a construção de galerias paralelas a já existentes. “Outra solução é de alargar os bueiros, como também as galerias estão defasadas. Algumas tem um metro de largura e a cidade cresceu e precisa alargar e isso não custará tão caro ao município”.

Barreto exaltou a obra realizada pelo ex-prefeito Miguel Paulucci (1993/1996) que construiu uma grande galeria no Largo do Mercado resolvendo o problema das enchentes na área central da cidade. “O prefeito Miguel Paulucci resolver o problema com as enchentes no Largo do Mercado com a construção de uma grande galeria paralela a outra e creio que não foi uma obra milionária. Nos pontos críticos, como as ruas Maranhão e Goiás pode serem feitas galerias paralelas, que são obras baratas que resolveriam o problema nesses locais, mas tem que fazer e não deixar somente no papel”.

Ele afirmou que a Câmara continuará lutando para que o problema seja solucionado. “Diversos moradores estão sendo prejudicados, tendo seus imóveis desvalorizados, além do grande transtorno a toda a população e isso nós não aceitamos mais”, finalizou.

Fonte: A Voz do Vale

Deixe seu comentário



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *