PAI QUE MORREU EM ACIDENTE JUNTO COM O FILHO SERÁ SEPULTADO NA TERÇA-FEIRA

05/11/2018

Dois homens e um bebê morreram após um acidente entre dois carros na Rodovia Engenheiro Tomaz Magalhães (SP-287), entre Piraju e Sarutaiá. A batida transversal aconteceu no sábado, dia 3 de novembro, em um trecho de pista simples que ficou interditado por uma hora.

De acordo com a Polícia, chovia bastante no momento do acidente que causou a morte de Gustavo Vilche de Moura Marques de Almeida, de 27 anos, e do filho dele, Gustavo Henrique Boregas Vilche, de um ano e quatro meses. O ex-vereador de Sarutaiá, Nilton Cesár Leite Gasperoni, de 47 anos, também morreu.

Ainda o boletim de ocorrência, o carro que seguia sentido Piraju era dirigido pela mulher do ex-vereador, que perdeu o controle da direção e invadiu a pista contrária, atingindo o outro veículo. Nilton estava no banco de trás, sem cinto de segurança, e foi arremessado para fora do veículo.

A mulher dele, de 35 anos, foi socorrida, e a filha de 14 anos, ficou presa às ferragens e foi levada em estado grave ao hospital.

No carro atingido estava uma família de Avaré. O veículo era dirigido por Gustavo Vilche de Moura Marques de Almeida, que ficou preso às ferragens, foi socorrido em estado grave e não resistiu aos ferimentos.

O filho dele estava na cadeirinha, mas também ficou ferido gravemente e morreu. A mãe da criança, de 40 anos, foi socorrida com graves ferimentos ao Pronto Socorro de Avaré. Informações dão conta que o estado de saúde dela é estável.

Os corpos das três vítimas foram levados ao IML de Avaré. Nilton foi velado na Câmara de Sarutaiá e enterrado no Cemitério Municipal da cidade.

O filho de Gustavo foi sepultado no Cemitério de Avaré na tarde de domingo, dia 4. Já o pai será velado na tarde de segunda-feira, dia 5, no Velório Municipal. Ele será sepultado na manhã de terça-feira, dia 6, pois a família aguarda a chegada da mãe dele que está fora do país.



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.