ORTEGA PEDE VOLTA IMEDIATA DA TV SÉCULO 21 EM AVARÉ

Durante sua manifestação na palavra livre da sessão ordinária de segunda-feira, dia 4 de abril, o vereador Marcelo José Ortega pediu à prefeitura que determine o cancelamento do ato que autorizou a TV Tem a transmitir seu sinal através do canal 7 e o imediato retorno da transmissão do sinal da TV Século 21.

Católico, o vereador disse que muitas pessoas o procuraram indignadas pedindo providencias da Prefeitura.
A TV Século 21 transmitiu sua programação através do canal 7 desde 2007 e por conta de problemas envolvendo o canal 36 a TV Tem passou a transmitir “subitamente, sem aviso prévio e à queima roupa no canal 7”, afirmou Ortega.

Segundo o vereador, a medida aborreceu muitas famílias que tinham o hábito de acompanhar a programação da TV Século 21 e solicitará informações oficiais sobre a mudança.

CONTRADIÇÃO – Em março deste ano, a assessoria de comunicação da Prefeitura de Avaré enviou uma nota à imprensa informando que a retransmissão da TV Século 21 de Valinhos que ocupava o canal 7, continuaria normalmente, porém, 20 dias se passaram e a TV Tem assumiu a transmissão no nesse canal.

“O canal, outorgado ao município pelo Ministério das Comunicações, tem documentação e projeto técnico aprovados pela Anatel para concessão de operação à TV Século 21, que continuará veiculando sua programação no referido canal”, destacou a Prefeitura na época.

A assessoria de comunicação ainda reiterou à comunidade católica, na época, para que mantivessem a audiência à programação da TV Século 21. Resta saber qual será o posicionamento da Prefeitura em relação ao caso.

Deixe seu comentário



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *