“NÓS ESTAMOS PARTICIPANDO DE UM PARLAMENTO FRACO QU

Durante a sessão da Câmara, realizada na segunda-feira, dia 7, o vereador Marcelo José Ortega criticou a forma que os vereadores vem se apresentando nas sessões legislativas.

Para Ortega, os vereadores teriam que abordar temas de interesse público. “Nós, membros do parlamento, temos que tirar os buracos e o esgoto do centro do debate político deste parlamento. Não é possível que nós, a três anos, venhamos aqui tratar de um assunto recorrente que nunca se resolve, ocupando espaço precioso da tribuna, dos requerimentos para falar de buracos e esgoto. O parlamento tem que se debruçar em temas de interesse público, dois em especial: emprego e saúde pública. Se nós ficarmos conversando, discutindo, debatendo buracos, nós nunca vamos dar prioridade a uma agenda política positiva que identifique as prioridades dos avareenses. Sempre (falando) de buracos, mato, isso cansa”.

Ortega disse se sentir envergonhado em falar sobre esse assunto. “Eu como vereador me sinto envergonhado de ter que falar isso na Câmara, pois na tribuna não debatemos prioridade dos avareenses, nós ocupamos um bom espaço do parlamento para falar de buracos, mato alto e esgoto. É uma vergonha para este parlamento termos essa pauta negativa”.

Para ele, os vereadores teriam que falar sobre geração de emprego e em temas para proporcionar mais qualidade de vida aos avareenses. “Temos que tirar do centro do debate municipal que envergonha esse parlamento. Temos que falar de geração de emprego, geração de renda, aumentar arrecadação sem aumentar impostos”.

Ortega finalizou dizendo que a atual Câmara, seria fraca. “Nós estamos participando de um parlamento fraco, que só discute mato alto, buraco, cocô de pombo e nós não nos preocupamos com questões prioritárias dos avareenses”.



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.