NO RETORNO DAS SESSÕES, VEREADORES ANALISAM PROJETO POLÊMICO NESTA SEGUNDA-FEIRA

06/08/2018

A Câmara de Vereadores de Avaré realiza, na segunda-feira, dia 6 de agosto, a primeira sessão ordinária do segundo semestre de 2018, marcando assim o inicio dos trabalhos após o recesso parlamentar iniciado no dia 29 de julho.

Na pauta, consta quatro projetos, todos do prefeito Jô Silvestre. O primeiro que será analisado pelos vereadores é o que autoriza a Prefeitura a elevar o nível do salário dos médicos especialistas de 15 para 16. Com isso, os profissionais passariam a ganhar entre R$ 5,7 mil a R$ 8 mil.

Em um ofício enviado a Câmara em junho, em resposta a questionamentos de alguns vereadores, o prefeito Jô Silvestre afirma que o projeto não seria alterado e destacou a “importância da aprovação do referido projeto de lei em razão da grande dificuldade da administração em contratar médicos por meio de concurso público, havendo desinteresse dos médicos em participarem dos certames abertos pela municipalidade para preenchimento dos cargos vagos”.

O chefe do executivo avareense revelou ainda que “no momento existem 60 cargos para médico clínico geral, das quais apenas 18 estão preenchidas. Já para médico especialista, o número de vagas preenchidas é ainda menor, sendo que de 52 cargos o município tem apenas 5 preenchidos, o que atrapalha e dificulta a melhora nos atendimentos aos cidadãos avareenses”.

Ainda segundo o projeto, a Prefeitura de Avaré tem 89 cargos de médicos vagos. Entre 2016 e 2018, nove médicos pediram exoneração de suas funções públicas, o que vem acarretando falta de especialistas na rede pública municipal.

OUTROS PROJETOS – Já o segundo e terceiro projetos revogam a doação de duas áreas à empresa Profills do Brasil Indústria e Fabricação Ltda. feita em dezembro de 2015 pelo então prefeito, Poio Novaes e autorizada pelo legislativo na época.

Segundo a Prefeitura, a empresa “não mais possui interesse no imóvel, de modo que deve ocorrer o retorno do bem público ao patrimônio municipal”. Ainda consta o projeto que revoga a doação de área realizada em 2007, para a empresa Romax Comércio de Pisos Ltda. ME.

O último projeto a ser analisado pelos vereadores autoriza as cooperativas dos Piscicultores do Médio e Alto Paranapanema (Coomapeixe), em conjunto com a Associação dos Produtores Rurais (Associação dos seis

Bairros), possam utilizar o imóvel que foi concedido em 2014 para escritório, área de seleção, classificação e beneficiamento de produtos de origem animal e vegetal, como também poderem efetuar no local a pesquisa, produção e comercialização dos produtos. A solicitação teria partido da própria cooperativa. A sessão ordinária ocorre a partir das 19 horas.

Fonte: A Voz do Vale



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.