“NÃO BATA EM VEREADORES DA BASE”, DISPARA ESTATI CONTRA RADIALISTA

09/10/2018

Durante a sessão da Câmara de Avaré, realizada na segunda-feira, dia 8 de outubro, os vereadores Ivan da Comitiva e Carlos Estati não pouparam criticas contra o radialista Rodivaldo Rípoli, que apresenta um jornal na Rádio Mix FM.

O primeiro a disparar contra o radialista foi o vereador Ivan da Comitiva. Ele teria sofrido críticas de Ripoli no programa apresentado no dia 5 de outubro.

O vereador chegou a dizer que Ripoli teria ficado uma semana no gabinete do prefeito Jô Silvestre para arrumar um emprego para o filho.

“O Ripoli ficou uma semana para arrumar emprego para o filho. Ele foi cassado por essa Casa. Saiu corrido de Piraju”, disparou.

Ele pediu respeito e chegou a dizer que se o prefeito não interferir, poderá ocorrer um “raxa” na base de apoio. “Tem que respeitar os vereadores da cidade. O prefeito vai acabar com os vereadores da base”.

SEGURE A LÍNGUA – O vereador Carlos Estati saiu em defesa do colega. O democrata pediu que Ripoli segure a língua. “O radialista Ripoli tem um pino solto na cabeça. Ripoli, segure sua língua”, disse.

Estati disse ainda que caso o radialista cite seu nome no programa, ele iria a rádio. “Meça suas palavras se não eu vou aí. Não bata nos vereadores da base”.

Ele chegou a sugerir que o líder do prefeito na Câmara, vereador Coronel Morelli, agende uma reunião, antes que ocorra uma ruptura na base. “Vamos conversar se não a base vai para as cucuia”.

Durante sua fala, Morelli concordou que os vereadores da base precisam sentar para aparar as arestas.

Os vereadores da oposição não perderam tempo e disseram que vem sofrendo criticas do radialista há muito tempo. “O que você está sofrendo agora, eu sofro desde 2001 com este tipo de críticas. Alguma coisa precisa ser feita”, disse o petista Ernesto Albuquerque.



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.