MILITANTES DO PT PROMOVEM PROTESTO EM FAVOR DO EX-PRESIDENTE LULA NA CÂMARA

A sessão da Câmara de Avaré, que foi realizada na noite de segunda-feira, dia 7, foi marcada por um protesto que foi promovido por militantes do Partido dos Trabalhadores (PT) em favor do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva.

Com faixas e palavras de ordem, os petistas gritavam contra a ação da Polícia Federal (PF) que acabou realizando uma operação na casa e no instituto de Lula na última sexta-feira, dia 4.

Durante a palavra livre, os três vereadores do PT também se manifestaram contra a ação da Justiça Federal.

O primeiro a falar foi Francisco Barreto que defendeu a democracia, porém indicou que somente membros do PT estariam sofrendo com a operação Lava Jato.

“Quero defender a democracia.Quem estiver errado, tem que pagar pelos seus erros. Agora só um lado ser punido e investigado, isso não é democrático”, destacou.

O vereador Ditinho da Farmácia, que pouco faz uso da tribuna da Câmara durante as sessões, destacou que o Juiz Sergio Moro estaria focado em somente julgar o núcleo político. “A investigação do (Juiz) Sergio Moro tem como objetivo investigar o núcleo político e não é investigado com justiça. Militância do PT vai permanecer na rua. (As) doação de empreiteiras, todos os partidos receberam”.

Já Ernesto Albuquerque falou sobre a declaração do ex-presidente Lula após prestar depoimento a Polícia Federal. Ele sugeriu que toda a operação da PF no dia 4 será um “pré-golpe”.

“Sexta-feira (dia 4) foi situação de pré-golpe. Show midiático. A Polícia Federal fez uma condução coercitiva ilegal e quem disso isso foi um ministro do STF. (O Juiz) Sergio Moro é juizinho de primeira instância, absurdo o poder que dão a este juizinho”.

Ele ainda fez críticas a Rede Globo e a Revista Veja. Ao final de sua fale ele foi aplaudido e os militantes do PT gritaram: “Não vai ter golpe”.

Deixe seu comentário



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *