LIMINAR: JUSTIÇA PROÍBE QUE DIRCEU E FLÁVIO ZALOTI ENTREM NA PREFEITURA DE CERQUEIRA CÉSAR

02/02/2018

A Justiça de Cerqueira César acabou a denúncia do Ministério Público e determinou, por meio de liminar, a suspensão do decreto municipal 3965/2017 que criou uma Comissão Administrativa e proibiu que Dirceu e Flávio Zaloti, irmãos do prefeito Marcos Zaloti, entrem na Prefeitura da cidade. Caso eles desacatem a determinação, pagarão multa diária de R$ 1 mil que pode chegar aos R$ 500 mil.

O Ministério Público entrou com uma ação civil contra o prefeito Marcos Antônio Zaloti (PRB) e os irmãos dele, Dirceu Silvestre Zaloti e Flávio Darci Zaloti.

De acordo com a denúncia, embora Marcos Zaloti seja o prefeito, na prática quem administra o município são os irmãos Dirceu e Flávio.

Segundo a promotoria, os dois irmãos já têm condenação por 16 ações civis por improbidade administrativa e deveriam estar afastados do poder público por estarem inelegíveis. Dirceu, inclusive, já foi prefeito e teve o mandato cassado em 2007.

Ainda de acordo com o MP, assim que assumiu a prefeitura em 2017, o prefeito Macos Zaloti nomeou os irmãos Dirceu e Flávio como membros do Conselho Municipal de Administração.

Na ação, o Ministério Público pede a proibição dos irmãos de entrarem na prefeitura e a anulação do decreto que nomeou os dois como membros do Conselho. O órgão pede ainda a perda da função pública e suspensão dos direitos políticos do prefeito e dos dois irmãos dele.

Diante dos fatos a Justiça acabou a determinação e proibiu a entrada dos dois na Prefeitura além de suspender suas funções na Comissão Administrativa do Município.



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.