LICITAÇÃO PARA TERCEIRIZAÇÃO DA COLETA DE LIXO É REMARCADA PARA O DIA 28 DE MARÇO

13/03/2018
Após ser adiada por duas vezes, a licitação que prevê a terceirização da coleta de lixo, em Avaré, foi remarcado para o dia 28 de março.

Durante a sessão da Câmara, realizada na segunda-feira, dia 12, diversos funcionários da coleta de lixo compareceram em forma de manifesto contra a terceirização.

O vereador Cabo Sergio chegou a dizer que o prefeito Jô Silvestre teria preferência em gastar verba pública em festas, ao invés de investir no funcionalismo. Segundo o parlamentar, a terceirização iria prejudicar cerca de 85 famílias.

Já a vereadora Marialva Biazon pediu aos vereadores, principalmente aos que são da base do governo, demovesse o chefe do executivo a não realizar a terceirização da coleta de lixo.

O presidente da Câmara, vereador Toninho da Lorsa, chegou a dizer ser a favor a terceirização, porém “não neste momento”. “O que se gasta hoje, se gasta para a cidade inteira. Se for terceirizado a área rural não será atendida”.

Para o vereador Ernesto Albuquerque, a intenção do prefeito Jô Silvestre em terceirizar a coleta de lixo teira outros interesses, “que não é da população e dos servidores”.

A previsão inicial é que o custo estimado com a terceirização é de pouco mais de R$ 6 milhões, sendo R$ 510 mil mensais.



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.