JOSELYR DEVERÁ PASSAR POR NOVA AVALIAÇÃO MÉDICA

25/04/2017

Preso desde o dia 29 de fevereiro de 2016, o ex-prefeito de Avaré, Joselyr Benedito Silvestre deverá passar por nova avaliação médica em 30 dias. Silvestre está cumprindo prisão domiciliar desde dezembro do último ano, após passar por um procedimento cirúrgico.

 

Primeiramente, o benefício foi concedido no dia 5 de janeiro e era válido por 30 dias. Porém, mesmo após o vencimento do prazo de prisão domiciliar, Joselyr continuou cumprindo pena em casa, aguardando o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ/SP) se manifestar sobre um pedido de prorrogação do benefício protocolado pela defesa.

 

Para avaliar a situação de saúde, o TJ solicitou que um médico perito realizasse uma avaliação completa no ex-prefeito. Informações dão conta que o laudo somente foi emitido no início de março.

 

Após analisar o caso, dos desembargadores do TJ acabaram concedendo a prorrogação do benefício, até nova avaliação médica.

 

No dia 21 de março, a juíza do Departamento de Execuções Criminais (Deecrim) de Bauru, Renata Biagioni, determinou que em 60 dias, prazo que vence no dia 21 de maio, para que seja elaborado novo laudo médico informando a saúde “do sentenciado, bem como se permanece estável e/ou se seu estado geral permite o retorno ao estabelecimento prisional”.

 

A magistrada destacou ainda que o Habeas Corpus que foi concedido pelos desembargadores do TJ determina que Joselyr Silvestre deve “permanecer em sua residência vinte e quatro horas do dia, somente podendo se ausente mediante autorização judicial ou em caso de emergência médica”.

 

Com informações da Comarca



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.