HOMEM É PRESO SUSPEITO DE ESTUPRAR CRIANÇA POR 5 ANOS

28/04/2017

Um homem de 34 anos foi preso na quinta-feira, dia 27, suspeito de estuprar a enteada por cinco anos, em Boituva (SP). Em depoimento à polícia, ele confessou o crime, mas alegou que a adolescente, de 16 anos, teria consentido os abusos.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Emerson de Jesus Martins, a mãe e a garota registraram o boletim no início do mês contra o homem, e a polícia passou a investigar o caso por 20 dias. A adolescente contou que os abusos começaram quando ela tinha 11 anos e o último estupro foi em janeiro deste ano. A garota alegou que resolveu denunciar os abusos após o padrasto se separar da mãe.

“A mãe e a adolescente registraram o boletim de ocorrência no início deste mês. O registro só foi feito dias depois que o casal se separou. Após a separação, a adolescente disse para nós que tomou coragem para contar os estupros para a mãe. Por mais de 20 dias nós investigamos o caso e pedimos esta semana à Justiça a prisão dele. Fizemos a prisão hoje de manhã e aqui na delegacia ele confessou tudo, mas alegou que houve consentimento”, explica Martins.

Segundo o delegado, a adolescente afirmou, em depoimento à polícia, que manteve os abusos em segredo por tantos anos porque o padrasto a ameaçava de divulgar fotos e vídeos dos estupros. Em depoimento, o homem afirmou ter apagado os arquivos.

Ainda de acordo com o delegado, um namoro iniciado entre a enteada e outro adolescente seria um dos motivos para a separação do casal, que tem duas filhas. “A menina começou a namorar um rapaz e isso foi uma das causas da separação do suspeito com a mãe da adolescente. A mãe contou para nós que nesse período de separação começou a desconfiar do homem”, afirma.

Depois da confissão do padrasto, a prisão temporária foi transformada em prisão preventiva. A adolescente fez exame no Instituto Médico Legal (IML), mas devido aos anos que os estupros teriam acontecido, o laudo não é conclusivo, diz a polícia.

O suspeito está preso em Boituva e vai responder pelos crimes de estupro e violência presumida, que referem sobre as ameaças feitas à adolescente.



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.