FUNERÁRIAS SÃO OBRIGADAS A ESPERAR MAIS DE UMA HORA COM CORPOS NOS CARROS PARA ABERTURA DO VELÓRIO

16/10/2019
Duas funerárias de Avaré ficaram mais de uma hora com dois corpos em nos carros aguardando que o Velório Municipal fosse aberto. O caso ocorreu na noite de sábado, dia 12 de outubro. A matéria é do Jornal A Voz do Vale (www.avozdovale.com.br/online).

A denúncia foi divulgada pelo vereador Jairinho do Paineiras durante a sessão da Câmara, realizada na segunda-feira, dia 14 de outubro. Ele exibiu um vídeo de uma munícipe que registrou o descaso com as famílias.

“O maior descaso com as famílias. Dois carros da funerária esperando para deixar os corpos no Velório Municipal e cadê o povo que aqui não se encontra. A família toda esperando para velar o ente querido e o Velório fechado e os corpos aguardando na porta”, destacou a denunciante que também iria velar um parente.

Ela disse ter ficado indignada com o caso. “É um descaso com o povo de Avaré que paga seus impostos e no momento que mais precisa. Fica aqui minha indignação, já que estamos a mais de uma hora aqui e não tem ninguém aqui para abrir o Velório”.

Segundo o vereador Jairinho do Paineiras, uma servidora teria ficado responsável em abrir o Velório Municipal para que os corpos fossem velados. Ele criticou a funcionária e pediu providências do prefeito Jô Silvestre.

“Não tem como fingir que nada aconteceu. Se essa servidora não tem condições de trabalhar no Velório Municipal, que ela peça transferência e vá trabalhar em outro lugar. Isso não pode acontecer. As pessoas estavam esperando para velar seu ente querido. Peço à administração que tome uma providência”, disse.

Fonte: www.avozdovale.com.br/online

Deixe seu comentário



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *