FUNCIONÁRIOS TIRARAM DINHEIRO DO BOLSO PARA COMPRAR ITENS PARA A MERENDA ESCOLAR, REVELA SERVIDORA

01/02/2018

Uma servidora, que trabalha em uma Escola Municipal em Avaré, revelou que a merenda escolar está deficitária.

Em uma postagem feita em uma rede social, a servidora R.B. revela que cozinheiras teriam tirado dinheiro do bolso para comprar margarina e, até mesmo, vinagre para temperar a salada que é servida aos alunos.

Segundo a mensagem, as cozinheiras estariam ainda, utilizando uniformes velhos para trabalhar. O comentário dela ocorreu quando falava sobre a situação do servidor da coleta de lixo que também fez uma postagem criticando as condições de trabalho oferecidas pela Prefeitura de Avaré.

“Sou cozinheira de escola e tá difícil também. Nosso uniforme tá horrível e ano passado teve vezes de comprar margarina pro pão das crianças do nosso bolso, vinagre pra temperar a salada e assim vai”, postou.

Ele revelou ainda que vários itens da merenda teriam sido retirados “pra fechar as contas”. “…retiraram vários itens da lista da merenda dizendo que é pra fechar as contas. Muito triste”, finalizou.

OUTRO LADO – Questionada sobre o fato, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Comunicação revelou que a Secretaria de Educação teria enfrentado problemas com alguns fornecedores.

O município afirma que o problema já teria sido resolvido e orientou que os servidores comuniquem o problema à Secretaria da Educação.

“A Secretaria de Educação informa que enfrentou problemas com alguns fornecedores que atrasaram a entrega de produtos que compõem a merenda escolar em 2016 (2017) e um curto período de tempo. O problema já foi resolvido. Quanto a alegação da servidora, a Secretaria desconhece a atitude e orienta os servidores a comunicarem eventuais necessidades a direção da unidade que deverá solicitar a Secretaria de Educação providências”.

A Prefeitura afirmou ainda, que as “despesas com Merenda Escolar seguem rigorosamente as determinações do Ministério da Educação e são constantemente avaliadas pelo Tribunal de Contas. Problemas pontuais não devem nortear a avaliação geral de um serviço que atende milhares de crianças diariamente em quase 40 unidades escolares”, finalizou.



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.