FUNCIONÁRIOS DO PRONTO SOCORRO ESTARIAM SENDO TRANSFERIDOS POR SEREM “AMIGOS” DE VEREADORES

15/08/2017

Durante a sessão da Câmara de Avaré, realizada na segunda-feira, dia 14, o vereador Francisco Barreto relatou que funcionários que trabalham no Pronto Socorro Municipal estariam sendo transferidos por serem “amigos” de alguns parlamentares.

O petista classificou o fato como lamentável. Segundo ele, os vereadores teriam o direito de comparecer ao local para verificar o funcionamento bem como atender a alguma reclamação de pacientes.

Ele elaborou um requerimento questionando a Prefeitura do porque os funcionários terem sidos transferidos.

Barreto também pediu informações sobre o aparelho de raio-x, que está quebrado desde o fim de junho. Ele também solicitou a compra de mais macas para acomodar melhor os pacientes.

Segundo ele, a falta de macas estaria prejudicando os atendimentos, sendo alguns pacientes que não tem condição de ficar sentados, estariam recebendo medicações em locais inapropriados.



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.