DEPUTADO ORLANDO MORANDO ATENDE A PEDIDO DE ZIROLDO E DIVERSAS MULHERES VEM SENDO BENEFICIADAS COM EXAMES GRATUITOS DE MAMOFRAFIA

Atendendo a um pedido do vereador Denílson Rocha Ziroldo, o deputado estadual Orlando Morando acabou intercedendo para que o programa estadual “Mulheres de Peito”, viesse para Avaré para atender gratuitamente as mulheres do município, o que vem ocorrendo desde a última semana.

A solicitação de Ziroldo ocorreu em 8 de abril de 2014, através do ofício nº 31/2014 que foi encaminhado para o deputado. No mesmo dia, Orlando Morando, através do ofício nº 07/2014 da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo respondeu ao vereador avareense informando que intercedeu junto a Secretaria Estadual da Saúde para que incluísse Avaré na rota do programa, o que acabou ocorrendo.

De acordo com o vereador, a ideia de trazer o programa para Avaré se deu pela alta demanda ainda existente para os casos. Ziroldo acabou revelando que dois casos de câncer de mama na família também influenciaram no pedido. “Devemos levar em consideração que o número de mortes causadas pelo câncer de mama ainda é bastante alto no Brasil e o ofício que enviei em 2014 para o deputado Orlando Morando teve como objetivo, trazer para a cidade a oportunidade para que as mulheres realizem o exame de mamografia de maneira gratuita. Eu tive dois casos em minha família e sei da importância de se realizar o exame preventivo. Fiquei correndo um ano e conseguimos ser atendidos”, comentou.

Ainda segundo o parlamentar, a presença do programa na cidade acaba incentivando as mulheres em realizar o exame. “Com a carreta em nossa cidade, podemos propiciar as mulheres de nossa cidade o acesso ao exame e incentivá-las a fazerem a mamografia, afinal, o diagnóstico precoce é o que garante um tratamento mais efetivo e com uma maior sobrevida às pacientes”, destacou o legislador.

Ziroldo revelou ainda que o deputado Orlando Morando se entusiasmou com o programa, tanto que acabou apresentando o Projeto de Lei 15.689, de 28 de janeiro de 2015 com o objetivo de tornar o programa permanente para todo o Estado. O PL acabou sendo aprovado pelos demais deputados e sancionado pelo governador Geraldo Alckmin.

“Quando fiz a solicitação, o deputado Orlando Morando não mediu esforços para a vinda deste programa para Avaré. Ele acabou se entusiasmando com o programa e apresentou o projeto que acabou sendo aprovado e sancionado pelo governador e agora é lei”, disse. “Peço que a população compareça a carreta que está estacionada na Rodoviária e faça esse importante exame”, concluiu.

O PROGRAMA – Os exames de mamografia são realizados de forma gratuita e atende mulheres que tenham entre 50 e 69 anos. A unidade ficará na cidade até o dia 27 e atenderá de segunda a sexta-feira das 8 às 17 horas e aos sábados das8 às 12 horas. Na carreta são feitos exames preventivos contra o câncer de mama.

Já para as mulheres de 35 a 49 anos, há a necessidade de encaminhamento médico, que é feito no local por intermédio de um profissional médico disponibilizado pela Secretaria Municipal da Saúde.

Estão sendo atendidas 50 mulheres por dia, através de senha que são distribuídas pela manhã e por ordem de chegada. A senha só é válida para atendimento no mesmo dia. Não haverá agendamento e as mulheres devem apresentar RG e cartão do SUS (obrigatório).

O “Mulheres de Peito” dispõe de uma equipe multidisciplinar integrada por técnicos em radiologia, profissionais de enfermagem, pessoal administrativo e um médico radiologista especializado em mama. Além de mamógrafo, os veículos são equipados com aparelho de ultrassom, conversor de imagens analógicas em digitais, impressoras, antena de satélite, computadores, mobiliários e sanitários.

O objetivo do “Mulheres de Peito” é promover rastreamento contínuo e organizado da doença, visando à detecção precoce de tumores malignos inclusive em fases em que a mulher não apresenta nenhum sintoma.



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.