PRIMEIRAS TESTEMUNHAS DEPÕEM NA CPI DA FAMPOP

20/10/2017

A Câmara de Avaré realizou, na quinta-feira, dia 19, as primeiras oitivas da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga supostas irregularidades na contratação de serviços para a 35ª Fampop.

Os fatos investigados guardam relação com eventuais irregularidades quanto à prestação dos serviços, que teriam ocorrido por pessoa jurídica diversa da vencedora do certame e que estaria impedida de contratar com o Poder Público.

Prestaram depoimentos a servidora Mariana de Oliveira Machado, responsável pela cotação das empresas; Érika Marin, do Departamento de Licitação da Prefeitura; Diego Beraldo, Secretário de Cultura; Paulo de Tardo Bilezikdijan e Paula Jéssica Bilezikdjan, proprietários da empresa Conextec; além de Edmilson Akabani, Engenheiro responsável pela assinatura dos laudos apresentados pela empresa.

A reunião teve início às 9 horas e se encerrou as 15h30, com uma pequena pausa para o almoço. Todos os depoimentos foram gravados, arquivados em mídia e anexados ao processo.

Uma nova audiência foi solicitada para o dia 26 de outubro, às 08h30, com os depoimentos de Salete Moreira, Maria Moreira e Carlos Augusto Santiago de Jesus (representantes da empresa Jesus e Ramos); Alvimar Lima de Castro, Eli Lima de Castro e José André Matias da Cunha (representantes da empresa Aquarius) e; João Emílio Bandeira e Júlio César de Farias (representantes da empresa Bandeira Evento).

Também foram solicitados os depoimentos dos membros da comissão de fiscalização do contrato Ricardo Regis, Givanildo Pereira e Adriana Tamassia.

A CPI também solicitou que o Departamento de Licitação da Prefeitura envie certidão de todas as empresas que fizeram visita técnica, além dos contratos com as bandas Titãs e Jota Quest.



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

  • Ilza Antônia Brasil

    Muito bem, estão agindo corretamente, devemos fiscalizar sempre as licitações, pois é através delas é que a gente vê o bom funcionamento do executivo, e afinal de contas Vereadores são eleitos para isso, guardiões do dinheiro da população do município…Parabéns à todos os envolvidos..