CONFIRMADA MORTE POR H1N1 EM TAQUARITUBA

12/05/2016

A Vigilância Epidemiológica de Taquarituba confirmou, na terça-feira, dia 10, a primeira morte por gripe H1N1 na cidade.

De acordo com o órgão, a vítima é uma mulher de 36 anos, que morreu no dia 3 de maio. A doença foi contraída no mês de abril, mas foi diagnosticada semana passada. Ainda segundo a Vigilância, há outros cinco casos suspeitos de H1N1 no município.

Em Angatuba, o primeiro caso foi confirmado no dia 5 de maio. Segundo o coordenador do órgão, Anderson Claiton de Albuquerque, a paciente é uma mulher de 63 anos. A doença foi contraída no fim de abril e foi diagnosticada através de exame médico em uma clínica particular da cidade.  “A gente tem acompanhado o caso dessa paciente. Ela recebeu alta, está bem e faz parte do grupo de risco que é vacinado contra a doença.”

Ainda segundo Anderson, Angatuba tem ainda outros 12 casos suspeitos da doença. “No caso dos outros casos, os exames estão sendo analisados no Instituto Adolfo Lutz. Existe uma demora porque o instituto atende todo estado de São Paulo”, explica.



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.