CONDENADOS TERIAM FRAUDADO LICITAÇÕES PARA A AQUISIÇÃO DOS “PODRÕES”

31/01/2018
Segundo a ação, que foi movida pelo Ministério Público, entre os meses de janeiro de 2007 a dezembro de 2008, todos os envolvidos fraudaram a licitação para aquisição de 10 ônibus usados, “elevando arbitrariamente os preços, vendendo como perfeitos 8 ônibus deteriorados, alterando qualidade e quantidade das mercadorias fornecidas e tornando, injustamente, mais onerosa à proposta e a execução do contrato.

O ex-prefeito Joselyr, Rosita Silvestre, Rosemaria de Góes e Itamar Araújo, como agentes públicos e em atuação conjunta, segundo a ação, aplicaram, indevidamente, verbas públicas no valor de R$ 640 mil em 10 de agosto de 2007 e R$ 80 mil, em 9 de outubro de 2007, na aquisição de 9 ônibus usados, além de antecipar pagamento a credor do município, sem vantagem para os cofres públicos.

Segundo a denúncia, para que a fraude fosse escondida, Joselyr Silvestre teria feito a nomeação por portaria especial dos funcionários envolvidos para avaliação dos veículos. Ainda segundo a denúncia, Rosemaria encaminhou a proposta vencedora a comissão especial de avaliação.

Os veículos acabaram sendo adquiridos, porem apenas 9 foram entregues ao município. A justiça após verificar a ação constatou que os ônibus não tinham condições de serem adquiridos devido ao mau estado em que se encontravam e acabou condenando os envolvidos.



Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Avaré Urgente. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Avaré Urgente poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.